Taylor Swift critica a mídia por colocar as mulheres umas contra as outras e são reveladas prévias da versão indie-rock do CD ‘1989’

Taylor Swift tá começando a enfiar os pés pelas mãos, né? Ou é o contrário? Enfim, não vem ao caso. A questão é que a cantora tem sido bem mais ativa quando o assunto é opinar sobre coisas polêmicas e, depois de assumir uma treta com a Katy Perry, lançando “Bad Blood” que, como toda a internet sabe, é uma indiretinha pra californiana, ela veio outra vez com a carta da mídia que coloca as mulheres umas contra as outras.

A gente diz que ela veio “outra vez” porque, quando ela encanou de discutir o racismo no VMA com a Nicki Minaj, ela acusou a Minaj de estar fomentando essa disputa entre mulheres e, anulando seu argumento, a própria Katy Perry entrou na briga, dizendo que era irônico vê-la questionar isso, quando lucra cutucando outra cantora (no caso, ela) e agora ela volta com essa história e, o pior, falando sobre o mesmo clipe, RS. 


Dessa vez, a declaração de Taylor veio por conta das comparações entre os clipes de “Bad Blood” e “Bitch I’m Madonna”, da cantora que você sabe o nome, que tem em comum a aparição de vários artistas. Para ela, essas comparações são infelizes, em mais uma tentativa da imprensa tentar criar uma competição feminina, olha só o que ela comentou para a Vanity Fair, da qual é a nova capa:

“Eu me senti bastante ressentida que eles pegaram duas mulheres que fizeram excelentes clipes e usaram isso como um motivo para comparar e contrastá-los”, disse Patê para a Vanity Fair. “Eu odiei porque eu e Madonna temos ficado bem próximas e somos fãs uma da outra, até performamos juntas, e eu não queria ver isso, mas não tinha o que fazer, assim como ela, porque é desta forma que o mundo funciona agora”, completou.

Parafraseando Katy Perry, “que irônico ver usarem o argumento de que estão colocando mulheres contra as outras quando você lucra imensuravelmente tentando colocar outra mulher para baixo”.

Atualmente, Swift se prepara para começar a divulgação de “Wildest Dreams”, que é o quinto single do CD “1989”, além de dar sequência a sua turnê e pirar no Twitter com a notícia de que o músico Ryan Adams irá regravar todo o seu último álbum, mas com releituras à la The Smiths.

Quem anunciou a novidade foi o próprio cantor, que pelo Instagram já adiantou algumas prévias do projeto, e a cantora, ainda que deva estar com a mão que imprime os boletos bancários tremendo, não escondeu sua animação pelo Twitter, se mostrando bastante ansiosa pelo material completo.

Ouça as prévias abaixo:



E dá uma olhada na arte escolhida para a capa do disco:

Tecnologia do Blogger.