Parece Calvin Harris, mas é ‘Be Right Here’, single novo e todo trabalhado no deep-house do Diplo!

Numa recente entrevista para a Billboard, o produtor Diplo falou sobre seus novos trabalhos e, bastante animado com os últimos acontecimentos em sua carreira, afirmou não se incomodar por ter passado tanto tempo longe dos holofotes (antes do sucesso, ele trabalhou com artistas como Robyn, M.I.A., Drake, Chris Brown, Beyoncé, Iggy Azalea, entre outros) e revelou que seu principal segredo para estar a tanto tempo na indústria é não ter uma marca.

De certa forma, discordamos do cara, até porque seja ouvindo Major Lazer ou “Elastic Heart”, que ele produziu para a Sia, a gente consegue encontrar traços dele em pequenos detalhe das canções, mas segundo Diplo, ter uma marca acabaria com sua carreira, visto que elas “cansam” o público com o tempo, como Calvin Harris, David Guetta e Pharrell Williams exemplificaram muito bem nos últimos anos.

Nós, por mais que encontremos uma marca dele em suas produções, ainda que não da mesma maneira gritante de outros produtores (MIKE WILL MADE IT), não podemos discordar, entretanto, que ele realmente parece focado em não se prender à uma só fórmula, tendo como uma importante prova a favor do cara seu mais novo single, que é a parceria com o canadense Sleepy Tom em “Be Right Here”.

Mais workaholic do que nunca. Diplo tem se dividido entre as produções para vários artistas (ele está envolvido nos novos discos da CL, Tinashe, Justin Bieber, Usher, etc), os trabalhos com o Skrillex no duo Jack Ü, o novo álbum do Major Lazer, que deve relançar o “Peace Is The Mission” antes de lançarem o disco “Music Is The Weapon”, e agora também entre sua carreira solo, que ganhou há pouco o single promocional “Set Me Free”, com clipe lançado exclusivamente no Brasil, e volta a ser notícia com essa parceria.

“Be Right Here” estreou essa semana na BBC Radio 1, durante o programa da Annie Mac, responsável pelos principais lançamentos da rádio lá na Terra da Rainha, e vai totalmente contra a maré dos trabalhos do cara nos EUA, pelo menos se desconsiderarmos que foi ele quem produziu “Living For Love”, da Madonna, se assemelhando à receita que tem dado tão certo no Reino Unido, com nomes como Clean Bandit, Jess Glynne, Disclosure e MNEK.

Todo trabalhado no deep-house, “Be Right Here” parece ser uma exceção nos trabalhos de Diplo, ultimamente tão inspirado a fazer “pop fora do convencional”, e numa tentativa de conquistar de vez o público inglês, conta ainda com um sample de “Don’t Walk Away”, lançado em 1993 pela girlband Jade.

Ouça “Be Right Here”:



BEM diferente de tudo o que conhecemos do cara, né? Será que ele tem vez nesse mercado eletrônico mais dentro da caixinha? A gente espera que, independente do desempenho da canção, isso não afete seu trabalho como um todo, já que ainda adoramos tê-lo com fórmulas tão diferentes, ainda que para rádios cada vez mais desgastadas de tanto trap.
Tecnologia do Blogger.