Lollapalooza 2016 vem com Marina and The Diamonds (agora é sério), Florence + The Machine, HAIM, Of Monsters and Men e mais!

Que ninguém seja feito de trouxa de novo, né? Até o momento, a única informação oficial que temos sobre o Lollapalooza 2016 é que o festival, realizado pela Time For Fun, acontecerá nos dias 12 e 13 de março, mais uma vez no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, mas o que não faltaram pela internet foram veículos dando “como certo” diversas atrações em potencial nos últimos dias. A gente pode botar fé? A gente amou?? A gente adorou??? Acompanhe conosco, querido leitor.



As primeiras especulações sobre o Lolla 2016 vieram lá do Popload, do jornalista e produtor Lúcio Ribeiro, que confirmou Sam Smith, atração do Rock in Rio em setembro desse ano, além das bandas Mumford and Sons e o cantor Noel Gallagher. Até aí tudo bem, né? Mesmo o Sam, que virá ao Brasil logo logo, é um nome bem previsível para o festival e os nomes mais alternativos não ficam para trás, só que o tiro veio mais tarde.



O jornalista Norberto Flesch, do Destak, vira e mexe usa seus perfis pelas redes sociais para antecipar o anúncio de shows internacionais nos solos tupiniquins e, há cerca de sete dias, deu como certa a presença do Of Monsters and Men no mesmo festival. A banda, que atualmente promove o disco “Beneath The Skin”, esteve no Lollapalooza em 2013, quando ainda apresentava o álbum de estreia “My Head Is An Animal”, no comecinho do hype do seu maior hit, “Little Talks”, e com esse novo álbum fez com que muitos brasileiros implorassem por sua volta. Parece que os islandeses escutaram.



Não contente com esse anúncio, entretanto, o site do jornal Destak quebrou a internet com outros três nomes aparentemente confirmados no evento: (respira fundo e segue a leitura) Florence + The Machine, HAIM AAAAAAAND MARINA AND THE DIAMONDS!

Indo por partes:



1) Caralho, Florence vem mesmo? PQP! A cantora Florence Welch veio ao Brasil pela segunda e última vez em 2013, como atração do Rock in Rio, e parece repetir os passos do Muse, que participou da mesma edição do evento e veio ao Lollapalooza no ano seguinte. Se confirmada, a banda virá acompanhada do seu mais recente disco, “How Big, How Blue, How Beautiful”, que já contou com singles como “What Kind of Man” e “Ship To Wreck”, duas com uma proposta bem diferente das bençãos apoteóticas que conhecíamos da Florence de “Lungs” ou “Ceremonials”.



2) HAIM tava quase certo no Lolla de 2015, sabia? Pelo o que sabíamos, as meninas só não vieram por razões burocráticas, que levariam mais tempo para serem concluídas do que o festival pudesse esperar. O álbum de estreia do trio, “Days Are Gone”, é um dos discos mais legais de 2013 e até hoje nos rende bons momentos com músicas como “If I Could Change Your Mind” ou seu single mais recente, “My Song 5”. Lá fora as meninas tão com tudo e até abrindo shows pra Taylor Swift, cantora que nem combina muito com seu público mais alternê. 



3) Hahahahaha, mas é sério, Marina? Mesmo? É claro que a gente não vê a hora de assistir à um show da Marina and The Diamonds, ainda que preferíssemos que ela tivesse vindo com o “Electra Heart”, mas essa tour do álbum “Froot” e o Brasil já renderam uma história e tanta com a participação dela no Lollapalooza 2015, desmarcada NO DIA DO SHOW, por conta de um suposto atraso do seu voo de Nova York. A história, que derivou uma série de memes, é motivo para os fãs brasileiros zoarem a cantora até hoje em suas redes sociais, e teria um desfecho E TANTO caso ela realmente seja confirmada e dessa vez venha, né? Não somos suas frutas, Marina, mas queremos te usar até o bagaço.



Fora esses nomes, já estão dando como certa a vinda da banda Alabama Shakes também, com o álbum “Sound & Color”, sendo que a última vez deles no país foi em 2013, no mesmo festival, e o espetáculo de especulações já mexe com a cabeça dos fãs do evento, que questionam o que eles podem estar nos preparando para a ala eletrônica. Vem Disclosure de novo? Diplo e Skrillex apresentando o projeto Jack Ü? Fora aquele convencional espaço para nomes menores, que poderia ser preenchido pela Charli XCX, Tove Lo, Echosmith, todos nomes que, somados às atrações acima, renderiam uma line-up bem mais animada que a sonífera edição anterior.



Outros artistas que adoraríamos ver por aqui dentro do festival são The Weeknd, MS MR, AlunaGeorge (ela veio no MECA, mas não custa nada voltar, né? Nunca te pedimos nada), Chet Faker, FKA Twigs, Hurts e a MØ, que podia vir colada no Jack Ü, caso realmente aparecessem.



Em sua edição desse ano, o Lollapalooza trouxe ao Brasil nomes como Pharrell Williams, Jack White, Calvin Harris, Skrillex, Foster The People, Bastille, alt-J, Interpol, entre outros, sendo St. Vincent e Kongos algumas das suas maiores surpresas.

Será que esse Lolla vem com tudo mesmo? Será que a Time For Fun vai continuar guardando segredo sobre toda essa quebração da internet? Tá muito longe para os dias 12 e 13 de março? Pelo amor de Deus, não nos decepcione, vida.
Tecnologia do Blogger.