Especial VMA: os 5 vencedores mais marcantes da categoria 'Vídeo do Ano'


Listar videoclipes nunca é uma tarefa fácil. A própria MTV erra bastante a mão em algumas escolhas concorrentes à sua principal premiação, o MTV Video Music Awards. Desde que a votação passou a ser pública então, a partir da metade dos anos 2000, polêmica não tem faltado.

Em 31 anos de premiação, a principal categoria, "Vídeo do Ano", já teve surpresas agradáveis, outras nem tanto, além de muitas barbadas entre seus vencedores. Apenas Eminem (2000 e 2002) e Rihanna (2007 e 2012) possuem mais de um prêmio nela. É do rapper também o recorde de indicações (6, entre 2000 e 2010). Madonna é a recordista feminina, com 4, mas só venceu em 1998, com "Ray of Light". Nos grupos, os irlandeses do U2 já foram indicados 4 vezes, e jamais venceram.

Entre tantos clipes, alguns se tornaram clássicos, aclamados não importa o ano, de tão atemporais, seja pela técnica de filmagem empregada ou, simplesmente, pela forma inovadora com que seu conceito visual foi pensado, fazendo deles algo icônico.

Com base nisso, listamos aqui 5 vencedores da principal categoria da noite, a de Vídeo do Ano, que marcaram de forma positiva (ou não), a premiação.

Jamiroquai - "Virtual Insanity"
Impossível não começar uma lista dessas que não por "Virtual Insanity". O clássico de 1997 da banda britânica de acid jazz e funky, Jamiroquai, é considerado por diversas e conceituadas listas como um dos melhores clipes de todos os tempos, justamente por conta de sua proposta completamente inovadora à época.

Dirigido por Jonathan Glazer e trazendo o vocalista Jay Kay dançando a música dentro de um cenário que confere um efeito de movimentação bizarro, onde o chão parece se mover, enquanto o resto permanece estático. Porém, é aí que mora o grande truque: de acordo com o diretor (assista ao vídeo com explicação do próprio), tudo não passa de um jogo de câmeras trabalhando com perspectiva e profundidade, onde o que se mexe o tempo todo são as paredes, através de um assoalho cinzento atrás do fundo branco (visível a nós), que juntamente com a coreografia de Jay Kay, nos dão a ilusão de que o chão está se movendo.

Em alguns takes, cadeiras ou sofás são fixadas às paredes de modo que eles parecem estar parados lá, quando na verdade estão se movendo e o vocalista parado. Em outros, as cadeiras permanecem parados no chão e Jay Kay se move, mas a ilusão é tanta que elas parecem estar se movendo também. As paredes móveis, não foram completamente escondidas e podem ser vistas em alguns takes, mexendo-se rapidamente.


Lady Gaga - "Bad Romance"
Caminhando um pouco no tempo, chegamos na edição de 2010, onde Lady Gaga entrou pra história da premiação ao vencer oito prêmios na mesma noite, se tornando a maior recordista desde então e vingando a derrota no ano anterior, com "Poker Face". O grande responsável por isso, foi sua maior obra de arte visual até agora.

Dirigido por Francis Lawrence e apresentando um conceito entre o real e o surreal, GaGa é sequestrada por supermodels pra ser vendida pra uma máfia de exploração sexual, onde ao seu final, a Mother Monster mata o líder da gangue, numa cena apoteótica, tudo isso em meio takes fantásticos, direção de arte, fotografia e coreografia impecáveis, o clipe de "Bad Romance" foi (e ainda é) aclamado por público e crítica, não à toa, é considerado pela Billboard, como o melhor videoclipe da década de 2000.


Beyoncé - "Single Ladies"
Agora o ano é 2009 e nosso clipe icônico é "Single Ladies", da Beyoncé. De forma absurdamente viral, os quatro cantos do planeta se renderam à genialidade coreografada de Ms. Carter e à direção primorosa de Jake Nava, que juntos apostaram num conceito simples, mas extremamente classudo e divertido, colocando a cantora numa performance, cercada de mais duas dançarinas, dentro de estúdio em filtro P&B, num dos momentos mais memoráveis dos últimos tempos.


Christina Aguilera, P!nk, Lil' Kim, Mya - "Lady Marmalade"
Quem diria que o início dos anos 2000 reuniria num só clipe várias artistas incríveis (algumas ainda em começo de carreira) e com personalidades bem diferentes, para uma reinvenção icônica de um clássico, por si só, já memorável.

Vencedor da principal categoria da noite em 2001 e dirigido por Paul Hunter, o clipe de "Lady Marmalade" apresenta Xtina, P!nk, Lil' Kim e Mya usando lingeries e esbanjando girlpower, dentro de um ambiente que simulava um cabaré, inspirado no contexto de "Moulin Rouge", filme ao qual era trilha sonora. É evidente o poder, até os dias de hoje, de um dos clipes mais marcantes dos anos 2000.


Panic! At the Disco - "I Write Sins Not Tragedies"
O ano era 2006 e o vencedor daquela noite era um clipe lançado apenas três meses antes da premiação, por uma banda de rock tachada de "emo" à época. Se a polêmica fosse só essa, era ok até, porém, "I Write Sins Not Tragedies" entra pra nossa lista como uma das maiores zebras da categoria de "Vídeo do Ano" até hoje.

É um ótimo clipe e perfeito em sua ideia sádica/lúdica/circense/itinerante, que fique claro. Porém, para terem uma ideia, Brendon & Cia superaram concorrentes fortíssimos naquela noite: Christina Aguilera, "Ain't No Order Man"; Madonna, "Hung Up"; Red Hot Chili Peppers, "Dani California"; e Shakira feat. Wyclef Jean, "Hips Don't Lie". E o mais bizarro de tudo: venceram a principal categoria, mas perderam a de "Revelação" para o Avenged Sevenfold, em que eram considerados os favoritos.

Impossível esquecer também a total cara de surpresa dos membros do Panic! com o anúncio de Jennifer Lopez, assim com a de desprezo de Xtina, além do louco que subiu ao palco, em meio ao discurso deles, servindo de inspiração pra Kanye West tomar o microfone de Taylor Swift mais tarde. #Inception


No próximo domingo, teremos "Bad Blood", da Taylor Swift, "Uptown Funk", do Mark Ronson com Bruno Mars, "Thinking Out Loud", do Ed Sheeran, "Alright", do Kendrick Lamar, e "7/11", da Beyoncé, como postulantes ao maior prêmio da noite. Em quem vocês apostam? Será que vem zebra por aí? Algum deles têm chance de ser tão memorável no futuro como os citados neste post? Conta pra gente.
Tecnologia do Blogger.