Madonna não deve vir ao Brasil com turnê do CD ‘Rebel Heart’, mas voltará à Austrália após mais de 20 anos

E a rejeição ao governo da Dilma só aumenta! RS Durante seu primeiro mandato, o Brasil foi sede para diversas turnês de cantoras internacionais, incluindo Britney Spears, Lady Gaga, Katy Perry, Kesha, Rihanna, entre outras, mas neste ano, com a crise e caos econômico que andam por aqui, o país deve ficar de fora da rota de Madonna.

Por mais que nunca tenha sido oficializada no Brasil, haviam muitos rumores sobre a hitmaker de “Bitch I’m Madonna” vir ao país com os shows do álbum “Rebel Heart” e, de acordo com o colunista Álvaro Leme, do nosso parceiro R7, a fase brasileira da turnê foi abortada por conta dos altos orçamentos de Madge, que exigiu que o show viesse com sua estrutura completa, o que necessitaria de altos preços para seus ingressos e, consequentemente, o risco de saírem com despesas.



Em resposta aos fãs, a produtora Time For Fun, que trouxe Madonna para cá em 2012, com o disco “MDNA”, e também se responsabilizaria pelos próximos shows, afirmou que nunca anunciou sua volta ao Brasil, de forma que não tem o que ser cancelado, né?

Enquanto os fãs brasileiros lamentam a possível Marinalização da “Rebel Heart Tour”, o público australiano da cantora comemora, visto que a Austrália deverá ficar com as datas que seriam do Brasil, em março do ano que vem, recebendo a cantora pela primeira vez desde 1993, quando realizou sua última apresentação por lá.
Tecnologia do Blogger.