Pra ficar de olho: pare o que você estiver fazendo para assistir ao clipe de ‘Psycho’, da Rozzi Crane, e ouvir seu EP de estreia, o maravilhoso ‘Space’

Já ouviram falar na Rozzi Crane? A cantora americana ainda é nova por aqui e, aos interessados, talvez já tenha passado pelos ouvidos de quem conferiu a trilha sonora de “Jogos Vorazes”, só que poucos notaram sua presença, ao lado de Adam Levine e toda a banda Maroon 5 em “Come Away To The Water”. Entretanto, a justiça tarda, mas não falha, e se até algum tempo sabíamos pouquíssimo sobre a existência da cantora, hoje estamos bem animados pelo fato dela existir e, felizmente estar promovendo seu EP de estreia que, se tiver um bom retorno do público, logo poderá evoluir para um disco e transformá-la na próxima grande revelação do ano, massss vamos por partes.

O EP de estreia de Crane se chama “Space” e foi lançado em fevereiro desse ano pela Interscope Records, com o apoio da 222 Records, a gravadora do Adam Levine, e o próprio vocalista do Maroon 5 deu uma força para a sua protegida, emprestando seus vocais para “Painkiller”, que faz parte do EP, mas o assunto desse post nem é a tal canção e sim “Psycho”, hino escolhido como carro-chefe de “Space” e que, pronto para impactar as rádios americanas, teve seu clipe lançado nesta sexta (05) numa versão remix, com participação do rapper Pusha T.

Só pra variar, a aparição do rapper não faz muita diferença no resultado final, mas “Psycho”, MEU DEUS DO CÉU, é um beeelo prato de entrada, nos deixando curiosos por o que Rozzi Crane poderá nos apresentar daqui um tempo e até curiosos por seu material de estreia, qual ainda não tínhamos conferido na íntegra e agora fomos incentivados pelo marcante vocal da música em questão. Seu clipe, sem muito orçamento, conta com muita edição e jogo de cintura pra acontecer. O bom é que ele, de fato, acontece, e sua edição ágil vai da tridimensionalidade à psicodelia (!), além da própria também usar um vestido preto e branco (dualidade) e ter suas cenas alternadas entre animais exóticos, uns takes futuristas e o rapper já citado. Parece informação demais e, em certos momentos, somos atropelados por tudo isso mesmo, mas era pra beirar o psicodélico, né? Então estão no caminho certo. 

Confira o clipe abaixo:



Ela não é a cara da Camila Cabello, da Fifth Harmony? Linda demais e com talento de sobra. O EP de estreia de Rozzi Crane traz, além de “Psycho” em sua versão solo e a parceria com Adam em “Painkiller”, outras duas canções, sendo elas “Crazy Ass Bitch” (imaginem a Adele cantando uma versão mais pop da Duffy) e “Half The Man” (uma baladinha carregadíssima no piano, soa como uma facada lenta e dolorosa para o homem que não é nem metade do que ela poderia ser), e você pode ouvi-lo na íntegra no player a seguir:



ROZZI, TOMA A SUA BENÇÃO E VEM ACONTECER AQUI FORA, MULHER! 
Tecnologia do Blogger.