Importantes atualizações sobre o reboot de 'Power Rangers' nos cinemas: sua primeira imagem, logo e vilão são revelados!


O blogayro que vos escreve, quando menor, acordava todos os dias bem cedo para fazer aquela maratona de desenhos animados e programas infantis pela manhã. Entre um "Tom & Jerry" aqui e um "Super Shock de Monstro" ali - olha só como ele é novinho ♥ -, sempre sobrava algum tempo para alguma das 486 temporadas de "Power Rangers", sendo algo bem marcante em sua infância. Na época, ele queria ser o ranger vermelho mesmo. Não é por que ele é gay que ele queria ser o rosa, gente.


"Power Rangers" nada mais é do que a versão americanizada e, por incrível que pareça, fiel ao estilo, de "Super Sentai". Tal franquia japonesa foi criada lá na década de 70, e foi da série "Kyouryu Sentai Zyuranger" que tivemos o cláaaaassico "Mighty Morphin: Power Rangers" em 93, idealizado por Haim Saban e, acreditem, sendo ~impulsionado~ por "Jurassic Park", que fazia um tremendo sucesso na época. De 93 em diante, tivemos outras duas temporadas, seus dois primeiros filmes, mais outras 483 sagas diferentes, reuniões de rangers vermelho, encontro com as Tartarugas Ninja, e por aí vai.

Os fãs da franquia sempre cobraram sua volta aos cinemas. E, depois de muito tempo, seus pedidos foram atendidos no ano passado, do jeito que Hollywood adora, como um reboot. Adiado para 2017, o reinício da franquia, de acordo com o seu diretor, Dean Israelite ("Projeto Almanaque"), será "maduro, mas sem perder a diversão". Resta saber se essa diversão está relacionada à pegada que, para o resto do mundo, é bem trash, mas que funciona muito bem no Japão. Só sabemos que tem que ter faísca ao invés de sangue.

"Eu li o script e fiquei muito surpreso. Achei que havia uma abordagem muito legal, contemporânea, madura, mas sem deixar de ser divertida. Achei que tudo foi atualizado de maneira bem interessante (...) Fui instantaneamente atraído pelo roteiro" - afirma o diretor em entrevista ao IGN, ao falar sobre o roteiro do filme.

Além da pegada trash citada antes, o visual dos heróis é outro problema. Como casar o clássico com o contemporâneo sem perder toda a essência? Aparentemente, a equipe que cuidará do figurino parece saber como. Ontem, foi divulgada uma imagem pela Saban Brands, LLC com um Ranger Vermelho bem classudo e, de brinde, acabamos ganhando a logo do filme também. Só avisando, o longa ainda encontra-se em pré-produção e temos (quase) dois anos pela frente até o seu lançamento, então tudo pode mudar até lá, e é bem provável que mude.


Como se a imagem e a logo não bastassem, foi revelado também o vilão do longa - vilã, no caso. De acordo com o HeroicHollywod, quem será a arqui-inimiga dos heróis vestidos com collant (isso se não inventarem de usar uniformes funcionais) é Rita Repulsa (ai que nome trash ♥). A vilã é clássica e está presente nas duas primeiras temporadas de "Mighty Morphin", sendo descrita, para este filme, como "caçadora, impressionantemente parecida com uma mulher, mas ainda meio alienígena".

Tal site ainda afirma que Zordon (o senhor da cabeçona no tubo pros leigos), na nova mitologia, não será um mero mentor dos rangers, descrito como um "alien com a aparência de um humano de 50 anos", e será até um deles, em um primeiro momento. De acordo com o site, ele e Rita lutam desde a era cretácica, plot que servirá como um prólogo para o filme. Só nós que, unindo as informações dos dois últimos parágrafos, levamos a crer que ambos os personagens são imortais?

ENFIM, previsto para janeiro de 2017, o novo filme, que servirá como um reboot, dará o ponta pé inicial para a ideia de criar múltiplos longas da franquia. Vale lembrar que "Power Rangers" conta com os roteiras de "X-Men: Primeira Classe", Ashley Miller e Zack Stentz, e direção de Dean Israelite ("Projeto Almanaque"). VEM, 2017!

Tecnologia do Blogger.