Gravando novo CD, Lily Allen registra música nova e com participação de integrante da banda Keane


Lily Allen foi cruelmente injustiçada com o disco “Sheezus”, talvez por não trazer o que seu público esperava como sucessor do aclamado “It’s Not Me, It’s You” (nossa crítica), mas assumindo um risco que, sendo sinceros, nos anima, já que poucas cantoras da atualidade se sentem seguras para deixarem suas respectivas zonas de conforto, e depois do desprezo, parece que Allen não tardou em voltar aos estúdios, como vem anunciando há meses por seu Twitter, e agora vai, o sucessor de “It’s Not Me” parece cada vez mais próximo.

Um bom indício de que algo novo está a caminho é o fato de uma música nova ter sido registrada no nome da britânica. Chamada “Something’s Not Right” (por que esse título soa tão característico aos seus trabalhos?), a faixa nova ainda conta com um segundo nome entre seus compositores, sendo esse do Mr. Desolation ou, melhor dizendo, do também britânico Tim Rice-Oxley, que é cantor, compositor, multi-instrumentista AND tecladista da banda Keane (sim, aquela de “Somewhere Only We Know”, que rendeu um cover lindão da própria Lily Allen no ano retrasado, meio que preparando o terreno para seu retorno de fato).

Fora o registro de “Something’s Not Right”, pouco se sabe sobre o quarto disco de inéditas de Allen, mas outra informação importante que chegou à rede mundial de computadores é a notícia de que ela também esteve em estúdio com o rapper Sean Paul, acompanhados do produtor Nicky B. O que não é uma notícia muito importante no final das contas e, esperamos nós, não seja nada relacionado ao seu novo álbum.

“Sheezus”, entre tantas coisas, rendeu singles como “Hard Out Here”, “Air Balloon”, “Our Time” e “URL Badman”, quatro bons motivos para não entendermos toda a reação negativa que caiu sobre o disco.

Tecnologia do Blogger.