Esse é para ver com os pais: 'Love', filme em 3D com sexo explícito, será lançado no Brasil


Em 2014, Lars Von Trier presenteou quem tem um gosto um tanto quanto peculiar relacionado ao cinema com o excelente "Ninfomaníaca", lançando-o em dois volumes por ser muito longo. Para quem não lembra, o filme conta a história de Joe, interpretada pela Charlotte Gainsbourg (fase adulta) e Stacy Martin (fase adolescente), uma mulher que é simplesmente viciada em sexo - sendo o grande fator para o seu sucesso, o que chamou o grande público em geral.

Quem lotou as sessões nos cinemas, achando que o "Ninfomaníaca" seria um verdadeiro pornô, acabou voltando arrependido, já que o longa acabou recebendo vários cortes para ser lançado em diversos países - só depois foi lançada uma versão sem cortes -, além do fato de que o filme não é apenas sexo atrás de sexo. Para estes desapontados, temos uma excelente notícia. "Love", filme em 3D com sexo explícito, será lançado no Brasil, mas provavelmente com um número de sessões e salas reduzidas em relação a outros filmes, o mal dos longas "cult".

*clique na imagem para vê-la sem censura*

"Love", de Gaspar Noé ("Irreversível", 2002), vem com uma proposta similar, mesmo que mais ousada, à "Ninfomaníaca": chocar, seja positiva ou negativamente, com cenas recheadas de orgias, ménage à trois, swings, entre outros prazeres sexuais. O filme que girará em torno de "um menino, uma menina e outra menina que celebra o sexo de maneira alegre" foi um dos destaques do Festival de Cannes, sendo aplaudido ou vaiado, e será exibido no Brasil através da Imovision, com data de estreia a definir. Ficou curioso quanto ao longa? Segue abaixo o primeiro clipe de "Love".

Tecnologia do Blogger.