Depois de causar polêmica por creme ‘embranquecedor’ de peles negras, cantora africana Dencia é acusada de copiar Rihanna no clipe de ‘African Energy’

E se Rihanna não começa a promover seu “R8”, os fãs o fazem. A cantora barbadiana ainda não nos deu qualquer informação concreta em relação a data de lançamento do seu oitavo álbum que, pra você ter uma ideia, não teve nem seu título revelado, entretanto, já extraiu alguns singles do disco  e, mesmo sem se sair muito bem nas paradas americanas, parece estar ditando tendência até do outro lado do mundo.

Do que nós estamos falando? É claro que é dela, a única, grandiosa, famosa e super talentosa Dencia! RS Brincadeira, brincadeira, não fazíamos ideia de quem a cantora fosse até alguns minutos atrás, mas o impacto de Rihanna nos fez ouvir seu novo single, “African Energy” e, SENHOR, você está pronto para ouvir uma das cópias mais descaradas dos últimos tempos nesta indústria pop? O caso é mais sério que “I Really Like You” da Carly Rae Jepsen VS. Qualquer música da Taylor Swift, é mais sério que “Roar” da Katy Perry VS. “Brave” da Sara Bareilles e até mais exposto que “Born This Way” da Lady Gaga VS. “Express Yourself” da Madonna, kibando da temática patriótica na sua letra ao incentivo esportivo do seu vídeo promocional. Dencia só não conseguiu copiar o orçamento de Riri.

Confira os clipes abaixo e compare:



Essa respirou do oxigênio americano até não aguentar mais, hein?

Mas agora vamos aos detalhes, afinal, a gente trabalha com mais do que nomes: 

- Dencia é camaronesa-nigeriana e, aos 27 anos (idade crucial para uma artista pop, hein?), tem uma história de vida mais sofrida que a carreira da Azealia Banks + expectativa dos fãs da Rihanna à cada rumor de que seu oitavo disco será lançado de surpresa no Tidal no dia seguinte. Só pra você ter uma ideia, a mulher descobriu durante a adolescência que sua mãe era, na verdade, sua avó e que seu avô, que faleceu enquanto ela ainda era criança, era seu pai. Deu pra entender? Fora isso, ela ainda teve diversos problemas na garganta durante a infância e adolescência, o que resultou em vários tratamentos e até algumas cirurgias bem sérias, mas não acaba aí e uma de suas recentes aparições no hospital foi por conta do vírus Ebola. Essa tem uma saúde de ferro, RS!

- Musicalmente, ela deve muito ao Soulja Boy, que certo dia a convidou pra subir ao palco durante sua apresentação no festival BET Spring Bling e abriu as portas pra que outros rappers e cantoras a conhecessem e desejassem tê-la em uma de suas apresentações ou clipes. A lista de caras que babaram por ela inclui 50 Cent, Jeremih, Ludacris, Pharrell Williams e, olha a ironia do destino, até o Chris Brown. Em 2011, ela começou a chamar a atenção de outros nomes por conta de sua apresentação numa after-party do BET Awards e, de acordo com o Wikipédia, um pouco depois teve seu primeiro hit: “Super Girl”, mas não é bem por causa de sua música que ela é mesmo conhecida...

- Com o título de primeira artista africana à conquistar uma “conta verificada” no Twitter, Dencia é dita pelos tabloides de lá como uma inusitada mistura da Nicki Minaj com a Lady Gaga e qual a primeira palavra que nos vem à mente quando pensamos em Gaga, Minaj e tabloides? É claro que é “polêmica”, depois “controversa” e, provavelmente, uma daquelas chamadas que a gente lê com a voz do TV Fama dizendo “Lady Gaga ataca de novo!”. E adivinha só? Dencia tem uma polêmica e tanto pra chamar de sua, uma vez que a cantora, significativamente conhecida em sua Terra Natal, é a criadora de um creme para pele chamado “Whitenicious” e que, se prepara Azealia Banks, tem como objetivo “remover manchas escuras”, mas, na realidade, é usado por Dencia para dar a aparência de que ela é branca. O produto causou uma controversa e tanto, não só nos limites da África, e chegou a chamar a atenção de Lupita Nyong’o que, em um discurso focado na beleza negra, falou sobre uma jovem que confessou estar perto de usar o produto de Dencia para ser mais aceita, até que viu Nyong’o se tornar um verdadeiro ícone e se sentiu “salva” pela atriz.

- Em resposta à Lupita e outros que criticavam seu produto, Dencia defendeu sua ideia até aonde pode, mantendo a postura de que seu Branquecioso só servia pra remover manchas escurinhas e não embranquecer ninguém, mas se recusou a dar uma entrevista para um documentário da Oprah, afirmando que a produção americana queria se aproveitar do seu produto, relacionando-o a artistas como Beyoncé, Nicki Minaj e Rihanna, todas já acusadas pela mídia de aparecerem com a pele mais clara em algumas imagens.


No fim das contas, só concluímos que não tem como defendê-la, né? Em vez de copiar Rihanna em suas atitudes, como uma mulher negra poderosa e super orgulhosa de como realmente, influenciando pessoas de todas as idades que lidam com o racismo, preconceito e até mesmo ignorância diariamente, ela sai comprando briga por um produto que só empodera todas essas ações negativas, prejudicando até mesmo seus conterrâneos que, estamos certos, adoraria ter um ícone de sua cultura explodindo mundialmente. Se isso não bastasse, Dencia ainda se limita a apresentar um trabalho fraco e descaradamente copiado de nomes maiores, o que não acrescenta em nada e até nos fez repensar se Anitta não merece mais algumas chances. Por favor, tirem essa mulher dos holofotes e deem à ela alguns livros!
Tecnologia do Blogger.