Playlist: nós montamos o ‘R8’ da Rihanna na íntegra com músicas de outros artistas

Todo fã já esteve pelo menos uma vez marcando presença na “Alice Tour” que, entre as brincadeiras da internet, se refere àquelas vezes em que ele se pega acreditando em rumores totalmente descabidos, tipo quando nós e toda a internet acreditamos que Lady Gaga, Beyoncé e Azealia Banks estavam fazendo uma música chamada “Ratchet”, para o que seria a continuação de “Telephone”, mas em alguns momentos ter essa imaginação mais aflorada pode ser bem útil e, inclusive, nos ajudar a aliviar a ansiedade para determinadas coisas, como estamos fazendo com esse post e o aguardado “R8” de Rihanna.

Nos permitindo uma proposta de post diferenciada, a gente topou fazer uma playlist com o que poderia ser o oitavo disco de Riri com músicas já lançadas por outras cantoras. A ideia, que nem foi tão difícil de ser executada, fez com que a gente montasse então uma “tracklist imaginária”, repleta daquelas músicas que ouvíamos e, de fato, imaginávamos como ficaria nas mãos de Rihanna. O resultado foi bem legal e, ao nosso ponto de vista, renderia um disco e tanto.


Pensando nas músicas apresentadas por Rihanna até aqui, além do seu histórico de últimos singles, que nos rendeu faixas como “Diamonds”, “Stay” e “What Now”, a música que abre o nosso álbum, intitulado “Rihanna Would”, é “I Lied”, da Nicki Minaj, que é emotiva, intimista e introspectiva na medida certa. Na seguida, quem dá a cara pra botar no sol são Tinashe e sua “Pretend” com Cashmere Cat e Ariana Grande em “Adore”, mantendo o álbum numa linha R&B com um quê alternativo, só que na quarta música, “FourFiveSeconds”, o clima é substituído, dando vez pra uma parceria no violão com Paul McCartney e Kanye West.


O álbum ganha mais percussões em “Mirror”, da Kat Dahlia, que seria uma boa parceria da Rihanna com a Sia em nosso álbum dos sonhos, e a seguir vem a primeira banger do material: “Do My Thang”, originalmente lançada pela Miley Cyrus e, rá, num disco chamado “Bangerz”, conhece? Voltaremos a falar dele mais a frente. O urban pisa na nossa cara sem dó na contagiante “A.K.A.” (Jennifer Lopez) e abre espaço para as batidas mais pop de “I Can’t Stop Drinking About You”, da Bebe Rexha, que até flerta com o dubstep, como Riri também fez em “You Da One” e “Lost In Paradise”. E as letras sobre amor continuam na faixa seguinte, “I Think I’m In Love” (outra da Kat Dahlia).

O coração urbano de Rihanna volta a acelerar com “All Hands On Deck” (Tinashe), que daria um ótimo remix com a Iggy Azalea se Riri pensasse em lançar nas rádios, e daí em diante temos um conjunto de peso, com “All Your Fault” (Big Sean e Kanye West) como interlude e seguida de “Bitch Better Have My Money”, “I Don’t Fuck With You” (Big Sean) e “Love Money Party” (Miley Cyrus).


O single em potencial “Yoga”, que na vida real pertence à Janelle Monáe, é quem dá uma segurada e faz o disco respirar ar fresco outra vez, mas a proposta de urban “mais limpo” dura pouco, uma vez que o álbum é encerrado com a divertida produção do Diplo na grudenta “Bitch I’m Rihanna” (Madonna). Que disco!

Aos interessados em tê-la lançando coisas mais dançantes, incluímos na versão deluxe as faixas “Hey Mama” (David Guetta), “Policeman” (Eva Simons) e “TENS” (Jennifer Lopez), o que deixou nossa tracklist mais ou menos assim:

“Rihanna Would” 
1) “I Lied” (Nicki Minaj)
2) “Pretend (feat. A$AP Rocky)” (Tinashe)
3) “Adore” (Cashmere Cat com Ariana Grande)
4) “FourFiveSeconds (feat. Paul McCartney & Kanye West)”
5) “Mirror” (Kat Dahlia)
6) “Do My Thang” (Miley Cyrus)
7) “A.K.A. (feat. T.I.)” (Jennifer Lopez)
8) “I Can’t Stop Drinking About You” (Bebe Rexha)
9) “I Think I’m In Love” (Kat Dahlia)
10) “All Hands On Deck” (Tinashe)
11) Interlude: “All Your Fault (feat. Kanye West)” (Big Sean)
12) “Bitch Better Have My Money”
13) “I Don’t Fuck With You” (Big Sean)
14) “Love Money Party” (Miley Cyrus)
15) “Yoga” (Janelle Monáe)
16) “Bitch I’m Rihanna” (Madonna)

Deluxe
17) “Hey Mama” (David Guetta)
18) “Policeman” (Eva Simons)
19) “TENS” (Jennifer Lopez)

O nosso “R8” será lançado de surpresa no iTunes, mas nós já demos uma ligada para nossos amigos do Tidão e descolamos esse stream que, curiosamente, está no Spotify:

Tecnologia do Blogger.