V.N.P.D.S.S.: Natalia Kills e Willy Moon deixam a Nova Zelândia; Dan Smith, da banda Bastille, deve reforçar bancada do X-Factor

Você não pode dormir sem saber que o casal mais odiado das últimas quarenta e oito horas ao redor do globo, Willy Moon e Natalia Kills, deixaram na manhã desta terça-feira (17) a Nova Zelândia, rumo à Los Angeles, desde que perderam seu emprego no reality show X-Factor.

Como você sabe (é muito provável mesmo que você saiba), os dois protagonizaram uma das cenas mais ridículas de todos os tempos com a franquia, humilhando um participante que, na perspectiva do casal, estava copiando “descaradamente” o visual de Willy Moon. Curiosamente, tudo o que o cara, chamado Joe Irvine, vestia era um comum terno, mas foi o suficiente pra que Natalia e seu marido soltassem todas essas asneiras:


Toda ação tem uma reação e, em resposta aos dois, a emissora responsável pela versão neozelandesa do programa confirmou a demissão do casal, que também recebeu críticas de vários artistas pela internet, e anunciou ainda que pelos próximos dias revelará quem serão seus novos jurados. Os rumores apontam a chegada de Dan Smith, vocalista da banda Bastille, e a cantora neozelandesa Annabel Fay, que teve como último lançamento o single “Warrior”, do disco vindouro “Brave The Rain”.



Entre outras notícias envolvendo a franquia neozelandesa do programa, está o desinteresse da emissora TV3 em dar sequência ao formato, que não deve resistir a uma terceira temporada. Eles já falam, inclusive, em dar um tempo com todos os programas que envolvam competições musicais. Natalia “kills” tudo mesmo, hein?

ixvj9.gif (260×146)

Pelo Twitter, a cantora britânica afirmou que não tem motivos pra ficar lamentando a demissão ou todos os ataques que recebeu desde então, e disse que o motivo é sua parceria com a Madonna. Nome com quem colaborou dentro do disco “Rebel Heart”. Alguns fãs esperam que ela revele demos de suas canções, incluindo a produção do Diplo em “Unapologetic Bitch”, mas não há nada certo. A gente só deixa avisado que é melhor Kills não contar com o apoio de Madge, afinal, todos se lembram que ela foi a primeira a pular fora do barco e criticar M.I.A. no tempo da polêmica com o dedo do meio no Superbowl, né? Há falsas entre nós.



Quando chegar em Los Angeles, Natalia Kills pode ter mais uma surpresa desagradável que a envergonhe e enoje, uma vez que, nesta terça-feira (17), a cantora foi removida da página inicial de sua gravadora, a Cherytree Records, o que fomenta rumores quanto a uma possível demissão. Segunda da moça dentro de setenta e duas horas. A parte boa é que, ainda que esteja em toda essa desgraça, ela nunca teve tanta atenção da mídia ao redor do mundo, o que pode ser revertido para seu próprio benefício se souberem trabalhar em cima de toda a polêmica. 
Tecnologia do Blogger.