Emilia Clarke, de 'Game of Thrones', revela ter recusado o papel principal em 'Cinquenta Tons de Cinza' pelas cenas de nudez!

Emilia Clarke ficou conhecida por todos através de seu papel na promissora (e excelente) série "Game of Thrones", interpretando aquela que futuramente sentará no Trono de Ferro, Daenerys Targaryen, Filha da Tormenta, a Não Queimada, Mãe de Dragões, Rainha de Mereen, Rainha dos Ândalos e dos Primeiros Homens, Senhora dos Sete Reinos, Khaleesi dos Dothraki, a Primeira de Seu Nome. Com o sucesso da série e ótima atuação, a atriz despontou diversos outros projetos sendo um deles o reboot/remake/sequência de "O Exterminador do Futuro", previsto para julho.

Entre tantos projetos, nossa nova Sarah Connor quase despontou um outro que marcaria sua carreira de uma maneira ou outra. Inicialmente, os produtores de "Cinquenta Tons de Cinza" queriam Emilia Clarke no papel que hoje é de Dakota Johnson. Entretanto, a guria recusou viver Anastasia devido as cenas de nudez. Soa engraçado ouvir isso dela, visto que logo na primeira temporada de "Game of Thrones" há uma cena em que ela fica nua. Apesar da ~crítica~, entendemos o ponto da moça: o teor de ambos os materiais são completamente diferentes, e, fica claro, que a atriz não queria ter sido rotulada por algo inteiramente sexual.

Em julho, Emilia Clarke se junta a Arnold Schwarnknegger em "O Exterminador do Futuro: Gênesis". No filme, Sarah Conor, orfã aos 9 anos (seus pais foram mortos por um exterminador), será criada pelo T-800, tendo até um vinculo com o robô, chamando-o de "pops". Por consequência, a moça se tornará antissocial, não entenderá nada de relações humanas e sim de armas.

Tecnologia do Blogger.