V.N.P.D.S.S.: Kelly Clarkson não entende porque os EUA ainda não legalizaram a maconha

Kelly Clarkson lançará no próximo mês seu novo disco, “Piece By Piece”, e depois de ser surpreendida pela internet ao descobrir que uma de suas músicas novas já havia sido lançada pela banda Tokio Hotel, você não pode dormir sem saber que ela deu uma entrevista para US Magazine mostrando não estar assim tão perdida no tempo e discutindo algo que divide opiniões pelos quatro cantos do mundo: a legalização da maconha.

Pouco mais de um ano desde que Miley Cyrus lançou o CD “Bangerz”, Clarkson diz não compreender porque permitem o consumo de diversas substâncias entorpecentes e álcool, mas não legalizam a maconha que, ao seu ponto de vista, já matou um número bem menor de pessoas.
“Eu não consigo entender o fato de que substâncias entorpecentes controladas e álcool são legais, mas a maconha não”, começou. “Quantas pessoas você conhece que já morreu por causa da maconha? É nesse ponto que quero chegar”, completou.
Nos EUA, as opiniões sobre a legalização da droga estão mais dividias que os comentários sobre o vestido azul preto branco dourado, mas vários artistas já se mostraram a favor da legalização, o que, sem dúvidas, pode contribuir pra que isso realmente aconteça em algum momento de nossas vidas.

Tecnologia do Blogger.