Single Review: se você deixar, Marina & The Diamonds vai te arruinar com 'I'm A Ruin'

Dizem que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar. Será mesmo? Marina & The Diamonds tentou - e acertou - nas três primeiras vezes com os três primeiros singles do "Froot", seu terceiro álbum. Foram eles: "Froot", "Happy" e "Immortal", representados pelas frutas uva, limão e mirtilo, respectivamente. Quanto mais ela acerta, mais pressão cai para a moça acertar novamente, mas estamos falando da rainha dos diamantes. Ela não decepciona.

"I'm A Ruin" é a quarta canção do "Froot" liberada, representada pela cereja. Começa na linha "Immortal": lenta, com sintetizadores marcando o passo. Os vocais são arrastados e melancólicos: "Eu sei que não posso ter tudo, mas sem você eu tenho medo de cair. Eu sei que estou brincando com seu coração e poderia tratá-lo melhor, mas não sou tão inteligente assim". Aqui já vemos a contradição que a letra, escrita INTEIRAMENTE por Marina (como em todas as faixas do álbum), quer contar.

Em "Froot" temos a galesa abrindo alas para o amor. Em "Happy", ela compreende que deve achar a felicidade dentro dela mesma. Em "Immortal" é a apoteose desse amor. Em "I'm A Ruin" é a destruição dele por parte da própria Marina: "Não é justo e não é certo. Você continua sendo tudo para mim, mas eu quero ser livre". Ao invés da habitual culpa alheia, aqui temos uma canção inversa: a culpa é completamente pessoal. "Eu vou te arruinar se você me deixar ficar".

Todo mundo já esbarrou com alguém assim, problemático (isso se você mesmo não for um deles rs). Marina assume o óbvio: se relacionar é algo complexo demais e não é para todo mundo. Mesmo que a letra de "I'm A Ruin" não seja tão bem desenvolvida como a de "Happy" ou - a melhor de todas - "Immortal" (o conceito é certeiro, mas não sai muito do lugar), as camadas criadas por Marina aqui são eficientes e belas, que, com a força do seu instrumental (a cereja do bolo), conseguem fazer o pacote completo.

Numa curva ascendente, "I'm A Ruin" vai crescendo dos versos iniciais até cair com tudo no refão mega pop, principalmente pelos "Yeah yeah, an-ran, uh-hu, yeeeeaaaah" do final (AVISO: eles viciam violentamente). Não chega a ser dançante como "Froot", mas quebra o ritmo dos dois singles anteriores e injeta animação da divulgação do álbum. E esta divulgação por partes através da "Fruta do Mês" está dando efeito: os singles estão atingindo picos cada vez mais altos no iTunes, com "I'm A Ruin" chegando em #2 n iTunes US! AGORA VAI!



Com todos os álbuns incríveis prestes a sair em 2015, Marina & The Diamonds toma a dianteira do álbum mais esperado do ano (juntamente com Rihanna, Adele, Adam Lambert e etc) por só lançar hinos até agora. Prova disso é que o raio caiu no mesmo lugar pelo quarta vez.
Tecnologia do Blogger.