It Charts: O maior reinado de Bruno Mars no Hot 100 e Drake consegue seu quarto topo na Billboard 200


Booooooa noite, senhoras e senhores! Está começando mais um It Charts via satélite para todo o Mundo -nn. Parece que as coisas mudaram nesta semana. Quem deveria hitar, não hitou. Quem estava hitando, não aguentou certos forninhos e desabou. Sem mais delongas, vamos ao que interessa.

Billboard 200

Quem apareceu na cobertura do grande bolo que é a Billboard 200, desta vez, foi Drake. "If You're Reading This It's Too Late", lançado pelo rapper de surpresa, vendeu 535 mil cópias. O número garantiu a Drake uma quarta estreia no topo da parada de discos. É a maior estreia de um disco R&B desde o autointitulado de Beyoncé e de um álbum de rap desde Eminem, no fim de 2013. Além disso, é a maior-primeira-semana de vendas desde "1989", de Taylor Swift.


Outra estreia aparece no top 3 dos álbuns mais vendidos da América. E este álbum é do filme mais comentado deste início de ano: "Cinquenta Tons de Cinza". A trilha sonora, que conta com Ellie Goulding, Beyoncé, The Weeknd e muitos outros, estreou em segundo lugar, barrada pela surpresinha de Drake. Mas não pense que o disco vendeu pouco. Foram mais de 300 mil cópias vendidas. O número é maior do que o debut de "Prism", "ARTPOP" e "Bangerz", por exemplo. 


"In The Lonely Hour" disco grammyado do premiadíssimo Sam Smith, chegou ao terceiro lugar e poderia ter voltado ao primeiro se não fossem as estreias da semana. O CD movimentou 164 mil unidades desde o Grammy até o último domingo. O quarto lugar é de Ed Sheeran. X caiu uma posição depois de vender cerca de 140 mil cópias (álbuns, streamings e canções avulsas). 

Estão sentindo falta de alguém? Talvez uma certa pessoa que até então era recorrente nas duas primeiras posições deste famigerado chart? Taylor Swift, talvez? A loirinha viu seu "1989" desabar com duas mega estreias e com as vendas de álbuns premiados/indicados no Grammy. O mais recente álbum de TS movimentou 125 mil unidades, ficando em 5º nesta semana. O jogo ainda pode virar...


"Title", debut álbum da all about that bass Meghan Trainor, está em 6º. Em sétimo, a compilação musical Now53 despencou 5 posições. O oitavo lugar é do polemicamente premiado "Morning Phase", de Beck. Fecham o top 10 o "Grammy Nominees", em 9º, e "V', do Maroon 5, em 10º.


Hot 100

Bruno Mars garantiu seu maior reinado no Hot 100 até agora. "Uptown Funk" lidera o Hot 100 há 7 semanas, igualando-se a hits como "Fancy" e "Blank Space". A parceria de Mark Ronson com Bruninho, no entanto, parece perder força. Apesar de ainda dominarem os streamings e as rádios, as o topo das vendas, eles perderam (mas perderam com estilo, já que o hit foi o que mais vendeu desde "Blurred Lines"). "Thinking Out Loud", destacada pelo Grammy e pela visibilidade de Sheeran, garantiu o #1 nas vendas digitais. No entanto, o hit de Ed ainda não saiu do segundo lugar. 


Quem ainda não se moveu foi Hozier. "Take Me To Church" está desde a era "Blank Space" em terceiro lugar. Que pacto é esse, Hozier? Continuando... Uma boa notícias para os fãs de Rihanna! "FourFiveSeconds" conseguiu seu maior pico até agora e é o 4º lugar da semana! A performance no Grammy rendeu ao trio formado por Riri, Paul McCartney e Kanye West o terceiro lugar nas vendas digitais. Nas rádios e nos streamings, entretanto, a música precisa ganhar força. O single de retorno de Rihanna está fora do top 10 das Rádios e fora do top 20 dos Streamings.


O top 5 termina com "Sugar", de Maroon 5, que caiu uma posição. Em 6º, "Love Me Like You Do", de Ellie Goulding, continua subindo graças ao sucesso do filme "Cinquenta Tons de Cinza" e a qualidade da canção. "Blank Space", da Taylor, vem caindo a cada semana e se encontra na sétima posição atual. Em seguida vem "I'm Not The Only One", de Sam Smith, mostrando uma estabilidade incrível, na oitava posição. 


O nono lugar é de Meghan Trainor com "Lips Are Movin". Quem fecha o top 10 é, novamente, Taylor Swift, com "Style". O novo single de Taylor Swift teve dois dias de streamings. O clipe, lançado na sexta-feira, não gerou tanto buzz como o de "Blank Space", apesar da qualidade inquestionável. O single, apesar de ter um aumento de 25% nas vendas, caiu uma posição no charts Digital Songs. "Style" é o sexto lugar nas rádios e ainda está fora do top 35 dos streamings. É imprescindível que Taylor trabalhe muito bem o single para que ele consiga um resultado melhor. "FourFiveSeconds" e "Style", apesar de serem potenciais hits, estão a mercê de hits ainda maiores e mais poderosos, como "Uptown Funk" e "Thinking Out Loud". 


Fora do top 10, Drake estreou uma nova música: "Energy", do seu álbum surpresa. A canção entrou no Hot 100 na posição #49. Quem vem surpreendendo é Nick Jonas. "Chains", que há poucas semanas entrou nas últimas posições, vem crescendo cada vez mais. Agora, o lead-single do primeiro álbum solo de Nick está em #56. Enquanto isso, Sam Smith vê outro single ensaiando o sucesso. "Lay Me Down", que na última semana estava em 75º, se encontra agora em #58.


"Talking Body", de Tove Lo, também foi outra que entrou há pouco tempo na parada e que vem crescendo. Nesta semana, o single sucessor de "Habits" está em #70, depois de subir 13 lugares. A grande estreia da semana ficou por conta de Ariana, também Grande. "One Last Time", terceiro single do "My Everything" debutou em #80. Será que emplaca ou será que flopa? Outra estreia relevante pra gente é a da nossa querida Florence. Ela é a lanterninha da semana, em #100, com "What Kind Of Man", clipe lançado no fim da última semana. Torcemos você, Florence <3


Na próxima semana, veremos a dramática subida de "Style" e "FourFiveSeconds" e a continuação da maior luta pelo topo dos últimos tempos: "Thinking Out Loud" X "Uptown Funk".

Pra quem você torce?
Tecnologia do Blogger.