Temos importantes atualizações a respeito do novo álbum de Adam Lambert, e são MUITO animadoras!


O mundo pop aguarda com certa expectativa por um novo álbum de Adam Lambert desde o fim dos trabalhos do subestimado "Trespassing" (2012), que se tornou ainda maior desde a briga e desligamento de seu vínculo com a gravadora RCA, onde a dúvida pairou a respeito de qual rumo a "voz masculina da geração" seguiria em sua carreira solo. Muito embora, sua participação como atual lead singer da lendária banda Queen esteja indo de vento em poupa. Pois bem, através de uma entrevista pra Billboard (que fez o site sair do ar por conta de tantos acessos) e divulgada por Adam em sua conta no Twitter agorinha mesmo, temos algumas atualizações que são realmente significativas e nos deixaram MUITO animados:

1) Adam Lambert agora está assinado com o selo da Warner Music Group (Warner Bros.), que entre outros nomes, assina Nelly Furtado, Green Day, Jason Derulo, Cher, Fall Out Boy e Paramore.

2) O álbum tem produção executiva do hitmaker do momento, Max Martin, e de Shellback (responsáveis  por "Whataya Want From Me" e "If I Had You" do próprio Adam, além de "Problem", "Bang Bang" e mais uma série de hits mundiais tocados nos últimos dois anos), como vemos na foto abaixo, em estúdio com Martin.


3) Já está praticamente finalizado e foi produzido/gravado durante sessões de dois meses, no início do ano passado, na Suécia, onde moram os produtores.

4) A respeito do material, Max Martin define como "uma grande e dinâmica jornada, de um Adam mais maduro lírica e artisticamente, e que o resultado deixou a todos orgulhosos, sendo que não vê a hora do mundo inteiro ouvi-lo".

5) Há boatos (esses não confirmados na entrevista) que talvez o material tenha algumas colaborações, entre elas, com a rainha das nuvens, Tove Lo. Apenas FAÇAM acontecer!

6) O lead single será lançado em abril. Adam disse que já está praticamente escolhido e que as pessoas se surpreenderão com ele, porque marca um novo momento em sua carreira, onde se encontra melhor emocionalmente, liricamente e sonoramente. Mesmo que seja o Adam que as pessoas tanto amam e conhecem, ainda assim, representa, no geral, um capítulo 100% novo em sua história.

7) Descrevendo o álbum, o cantor afirma que é "algo mais interno e fundamentado, menos teatral", tendo sido influenciado pelas suas andanças em turnê com o Queen, mas isso não quer dizer que seja um álbum de rock ou pop rock, necessariamente. Vocalmente, ele afirma que é muito mais íntimo em comparação com o que fez no passado, e que há um pouco de conflito mais profundo, interno, ousado e poético a respeito de sua produção.

8) Por fim, o novo e aguardadíssimo álbum de Adam Lambert sairá durante a primavera norte-americano, que compreende entre abril/junho.

Agora já tá liberado morrer de ansiedade, tá, gente?!

Tecnologia do Blogger.