Um brinde à Fleur East, a campeã moral do X Factor UK 2014!


Hoje foi o dia da grande final do X Factor UK, que acabou premiando Ben Haenow. Mas optamos por um tipo de post diferente, afinal, é inegável o sentimento de morte horrível que tomou conta de várias mídias sociais, veículos de imprensa estrangeira e de boa parte do público com a não-premiação da segunda colocada, Fleur East. Mas, no nosso coração, ela foi sim a campeã. A campeã moral da temporada.


Dona de um carisma e de um estilo único e inconfundível, Fleur foi em questão de intensidade, uma participante nunca vista antes na versão britânica e em qualquer outro reality show do tipo mundo afora (talvez apenas com Adam Lambert, mas num outro caso, no American Idol 2008). Artista completa, Fleur é linda, canta, faz rap, dança e encanta com a mesma proporção à qual se desafiava em meio às suas ousadias dentro do programa.


Quem é fã de programas do gênero (e atento ao mainstream), se tornou ainda mais graças à ela. E quem não era, passou a se interessar por conta de suas performances. Algo extremamente notável. Durante a semifinal, quando tivemos sua versão do, até então, "inédito" single em solo britânico "Uptown Funk" - parceria arrasadora de Mark Ronson e Bruno Mars -, o mundo inteiro se curvou de vez. Nas redes sociais só se falava a respeito disso. Vários veículos midiáticos, tanto do UK, quanto dos EUA e, PASMÉM, até aqui do Brasil deram a devida importância ao "acontecimento" que essa mulher levou para o palco.

Muita gente, inclusive famosos, feito Lily Allen, se revoltaram com o fato dela ter cantado algo ainda inédito pra eles e que isso era um corrompimento da indústria fonográfica. Simon Cowell, dono da franquia "The X Factor" e mentor de Fleur no programa riu de toda situação à qual estavam sendo acusados, dizendo que ele não fez nada de ruim ao decidir dar essa música à sua pupila. E nós concordamos. Gente, a performance foi um sucesso tão grande, que fez Mark, Bruno e a gravadora, reverem a estratégia de divulgação (inicialmente programada para lançamento apenas no início de janeiro no Reino Unido), antecipando-a para a madrugada seguinte à performance - que, naquele momento, já estava no topo do Itunes UK. Resultado: uma semana após o lançamento antecipado, a versão original de "Uptown Funk" foi revelada como #1 na principal parada musical britânica, com vendas altíssimas e se tornando um hit massivo por lá. E muito graças à Fleur.


Engana-se quem pensa que nossa intenção com este post é desmerecer a vitória de Ben, muito pelo contrário. Porque se ambos chegaram à decisão (sem nunca estarem entre os menos votados), significa que eram igualmente merecedores. Ele venceu porque teve mais votos. Paciência. Quantas vezes isso já não aconteceu num reality show e que faz com que várias pessoas não gostem de acompanhá-los, inclusive?

O que questionamos aqui, é a possibilidade de carreira no mainstream, que é quando o verdadeiro vencedor da temporada surge de fato. E, neste caso, alguém como Fleur TEM MUITO MAIS oportunidades de se dar bem num mercado pop/urban em ascensão, mas que carece de nomes fortes, não somente para os britânicos, mas à nível mundial, do que um cara com um excelente timbre, mas que não vemos espaço pra ele em virtude de se encaixar num perfil sonoro que vem caindo ao longo dos anos.


Ok, Fleur ainda tem que e pode melhorar bastante, porém, ela é a personificação de tudo aquilo que o programa procurou/procura em todos os anos. O tal do "Fator X" mesmo. Um pacote completo. E acreditamos piamente que, ela, agora de contrato assinado com Simon Cowell, que além de toda sua idolatria/devoção deixada transparecer quando se referia à cantora como sua participante favorita, uma superstar e completíssima, não deixará de mover mundos e fundos pra fazer dela, sua nova galinha dos ovos de ouro. E nós sabemos que Mr. Cowell quando quer, faz (vide Leona, 1D, Olly e agora Ella Henderson). Então, podem esperar, porque num futuro bem próximo, ela poderá alcançar voos altíssimos e ser uma coisa enorme.

Nós acreditamos e brindamos à campeã moral dessa temporada, Fleur East, por nos devolver a alegria de ver, torcer e até mesmo nos frustrar tanto com uma derrota dentro de um reality show, mas com a certeza que já estamos mais que ansiosos por seu single e álbum de estreia. Vem que o mundo te espera de braços abertos, querida. TIN-TIN!

Tecnologia do Blogger.