Remix Corner #28: pra comemorar o aniversário da proprietária de 2014, só tem Taylor Swift nesta edição!

De promessa da Country music a um dos nomes mais fortes da música pop na atualidade, e isso tudo com os poucos 25 anos que completou hoje. Natural do estado da Pensilvânia, nascida em 13 de dezembro de 1989 (dããã), medindo 1.78m de altura e pesando 57kg, Taylor Alison Swift parece não ter limites na sua carreira. Em quase dez anos de estrada, a cantora chega ao seu quinto álbum, lançado recentemente, colecionando recordes e fãs por onde passa, proporcionando faixas incríveis que, consequentemente, são recriadas em remixes não menos sensacionais.


E foi pensando nessa data que decidimos fazer, pela primeira vez, um Remix Corner dedicado especialmente a um artista que, no caso, é considerada a dona de 2014. Nossa seleção vai do sertanejo americano lá do começo da carreira com "Teardrops on my Guitar" até o flerte absoluto com o pop melódico na recente "Blank Space". Pra variar um pouco, tá uma surra de bunda loira!

1) "Teardrops on my Guitar" (Cahill Remix)

Começando com o arrombamento, fomos buscar lá no início da carreira de Taylor Swift aquele single que lhe rendeu a primeira indicação como "Revelação do Ano" no VMA de 2008. "Teardrops on my Guitar" foi remasterizada pelo DJ Cahill, que fez da faixa uma banger daquelas que faz a boate tocar descer no chão sem vergonha de ser feliz. E isso é só o aquecimento do que vem por aí!


2) "Love Story" (Tembledyn Remix)

Vale remix propriamente pop da era country? Sim, vale sim. “Love Story” é uma das nossas músicas favoritas da Taylor e, neste remix do Tembledyn, ganha um arranjo mais eletrônico, que cresce aos poucos, até virar pura farofa mesmo. Não tem Julieta que se segure sem se ralar toda no chão com uma versão assim.


3) "You Belong With Me" (Aurtas Remix)

Nas mãos do Aurtas, o que também funcionou super bem com a EDM foi “You Belong With Me”, outro cláaaassico da Patê A4. Numa primeira ouvida, ficamos com a impressão de que os vocais de Taylor se encaixam perfeitamente em qualquer coisa, até mesmo nesta proposta mais eletrônica. Seja como for, seu lugar é com a gente, tá Tay?


4) "Mine" (Jason Nevins Remix)

Recriado pelo famoso Jason Nevins, o primeiro single do multiplatinado "Speak Now" ganhou  um remix que faz lacrar todos os orifícios da inimigas e mais um pouco. Entre batidas classudas que insinuam um smash hit nas pistas e um flerte maravilhoso com um eletropop mascarado, "Mine" é sucesso até aqui. Segura essa mulher!



5) "We Are Never Ever Getting Back Together"

O primeiro #1 a gente nunca esquece né, Tay?! Depois de bater na trave algumas várias vezes com singles country, Swift se jogou inteiramente no pop pela primeira vez em "We Are Never Ever Getting Back Together". E deu muito certo! Tanto é que a música foi um estrondoso sucesso, rendendo ótimos remixes como esse produzido pelo DJ Babokon. Chãããão!


6) "I Knew You Were Trouble" (PRFFTT & Svyable Remix)

“Cool. Really cool. Cool and very exciting” SPEARS, Britney. “I Knew You Were A Trouble” foi o segundo single de Swift com o CD “Red” e, meu Deus, uma das músicas mais bem repercutidas de toda a sua carreira. A principal razão do êxito da loira com o single foi a inclusão do dubstep, até então em alta por diversos fatores externos, mas sempre nos surpreendemos quando descobrimos que a música consegue soar melhor a cada play, inclusive no remix abaixo.


7) "22" (Spaarkey Remix)

Mas gente?! Dá pra fazer twerk com música da Sulfite sim! A gente escolheu esse remix pra época em que ela ainda tinha seus "22" pra obrigar todo mundo a rodar a cabeça segurando a peruca e, ao mesmo tempo, descendo as escadas. Sentiram lá no fundo essa vibe maravilhosa? Que sensacional.


8) "Red" (South House Remix)

Alerta vermelha! Mais uma do “Red”, agora a sua faixa-título, mas nas mãos do South House. Em sua versão original, a faixa já beirava uma proposta bem pop, mas nesta versão se joga de vez nas rádios do gênero, soando como algo que caberia na discografia da Katy Perry, por exemplo (e do Swedish House Mafia também, sejamos sinceros). Absolutamente incrível.


9) "Shake It Off" (Fin Remix)

Mas que é isso, parece uma hipster! Foi mais ou menos assim que a gente pensou quando ouvimos pela primeira vez a remixagem do pessoal do fin para o hit maravilhoso "Shake It Off", single de retorno e lacração de Miss Swift. Sintetizadores leves e algumas modificações nos vocais ditam uma faixa perfeita pra uma noite mais controlada naquele estilo de balançar os ombrinhos.


10) "Blank Space" (João Brasil Remix)

“Blank Space”, segundo single da Taylor com o “1989”, é uma das coisas mais incríveis que escutamos neste ano, mesmo sabendo que o disco também conta com “Style” entre suas canções, mas não sabemos se rimos ou simplesmente nos abraçamos com corpos suados enquanto ouvimos esse remix da faixa, vindo do brasileiríssimo João Brasil. É como se o espaço em branco da cantora coubesse todos os integrantes do Olodum e não sabemos como, mas também funcionou.


Por hoje é só, mas semana que vem tem mais! Desejamos que a gata continue sendo essa fofura loira e talentosa que sempre tá trazendo material novo de ótima qualidade. Parabéns Taylor! No mais, a gente te deseja um sábado ARR%MBADOR na balada com esse remixes. Aliás, qualquer sugestão daquele batidão nervoso fodástico, já sabem: deixe nos comentários e ele poderá aparecer nos próximos Corner's. No mais, adeus.
Tecnologia do Blogger.