O It Pop elege: os 30 melhores singles k-pop de 2014!

O ano de 2014 está chegando ao seu fim e chegou o momento que todos esperavam: hora das listas com os melhores do ano! E para começarmos com o pé direito, vamos de música sul-coreana. O k-pop deste ano quase foi marcado pelas saídas de membros de seus respectivos grupos, dentre outras polêmicas, ao invés da música em si. Porém, o mundo musical conseguiu se sobressair, trazendo novos nomes ao gênero. Mas fique calmo, temos os veteranos com muita coisa legal também.

Grupos relativamente novos - Block B, BTS, e outros - firmaram seu caminho, nos presentearam com singles fantásticos e mostraram quem irá representar essa nova geração do k-pop. A velha guarda (rs) marcou seu retorno com uma música divertida e despretensiosa, nada de "faremos dez anos de grupo em 2015, e faz dois que não lançamos algo". Artistas solo também não passaram despercebidos, não é mesmo Taemin e HyunA?

Nossos blogueiros de música sul-coreana (Bel, Maria e José) uniram forças para selecionar os 30 melhores singles k-pop de 2014. Então fica com vocês nossa lista toda trabalhada no olho puxado, logo abaixo.


30º "Delicious" - ToHeart


"This love, this love, I swear that it's: delicious!" ToHeart, duo formado por Key (SHINee) e WooHyun (INFINITE), dominou corações, pistas de dança, muitos admiradores e uma fã durante o Music Bank Brazil que teve a sorte de ser "disputada" pelos rapazes ao som da canção. "Delicious" leva ao pé da letra seu título e traz algo realmente delicioso de ouvir.

29º "Catallena" - Orange Caramel


Ainda vivemos em um tempo, onde algumas pessoas não levam o trio Orange Caramel a sério, mas essas meninas dominaram o ano de tal maneira que não teve como ignorá-las. Sempre com temáticas fofas, beirando ao bizarro, essas garotas sabem como fazer uma música para se divertir, e, consequentemente, divertir seus fãs. "Catallena" te fazer dançar nos primeiros segundos, gruda da sua cabeça por um bom tempo e com certeza te rende boas risadas.

28º "Danger" - BTS


Após brincarem com seu lado bad boy em várias canções, os Bangtan Boys - preferimos esse nome - abraçam de vez tal conceito em "DARK&WILD". "Danger" foi quem abriu os trabalhos do disco, abusando novamente dos vocais graves que tanto gostamos, porém adicionando as vozes (quaaase) suaves dos rapazes - "pouco" ouvidas no decorrer de sua carreira - no pré-refrão. Tudo isso acompanhado de uma batida + refrão imponente. Precisamos dizer que essa salada deu mais do que certo?

27º "Metronome" - Jay Park


Desde de sua época no 2PM, Jay Park já chamava a nossa atenção. Agora em carreira solo, ainda mais. Jay é um dos artistas de hip-hop mais bem sucedidos da Coreia do Sul, está a frente de sua própria gravadora e produz seus próprios artistas. "Metronome", com parceria com Simon D (seu co-CEO) e Gray, um dos artistas que ele mesmo produziu, foi um marco na carreia do rapaz. O single não mostra somente o que Park pode fazer como artista, mas também o que pode fazer a frente de tudo, e, convenhamos, o resultado foi muito satisfatório.

26º "Be A Men" - MBLAQ


"Be A Man" marcou o retorno do MBLAQ com um som mais calmo e não tão pop quanto seus trabalhos anteriores, mostrando melhor o potencial vocal dos integrantes, assim como eles prometeram dias antes do lançamento. "Be A Men" te envolve e te tranquiliza, um dos maiores destaques da carreira do grupo, pena que ele praticamente chegou ao fim.

25º "Beauty Beauty" - Kim Hyun Joong


Se há algo que admiramos em Kim Hyun Joong, é sua capacidade de sempre trazer algo novo (para sua carreira), nunca trazendo um trabalho parecido com o outro. Depois de apresentar a poderosa "Unbreakable", apostar no pop-rock em "Hot Sun", "Beauty Beauty" vem com um conceito meio retrô, meio pop, meio vintage. Palmas para Hyun Joong e sua versatilidade!

24º "Last Romeo" - INFINITE


"Last Romeo" já estava com um quarto alugado em nossos corações desde seu lançamento. Quando os rapazes do INFINITE vieram ao Brasil para a primeira (e única) edição do Music Bank no país, tivemos a oportunidade de ouvir ao vivo a canção. Assim, ele acabou tornando-se nosso verdadeiro xodó. "Last Romeo" pode não ser a melhor música do grupo, mas marcou um aguardado comeback e, com certeza, não será esquecida ao longo do tempo.

23º "Touch My Body" - SISTAR 


Sensual e sexy (sem ser vulgar), está é "Touch My Body". Sol, praia e mar, a canção se encaixa perfeitamente na trilha sonora do seu verão. Parece perfeito, não é? E é mesmo. "Touch My Body" é deliciosa, animada e faz todo mundo querer dançar - e os mais animados, sensualizar.

22º "You Don’t Love Me" - SPICA


O que estão esperando para entregar o k-pop para essas meninas? SPICA é um dos grupos que mais merece atenção nessa lista. As donas dos melhores vocais da atualidade fizeram bonito esse ano, até mesmo ganhando um debut nos EUA. Mas foi “Do You Love Me” o grande vencedor da noite, divertido, sexy e com muitas high notes. Esse single merece toda a sua atenção.

21º "Rewind" - ZhouMi (feat. Tao)


Todos sabemos o tempo difícil que nossos amigos da China - aqueles que buscam uma carreira musical na Coreia - passam. Mas depois de sucessos como Kangta e Henry, chegou a hora de mais um dos nossos amigos pasteleiros alcançar tudo o que merece na terra do Kimchi. ZhouMi, um dos integrantes chineses do Super Junior M, lançou esse ano seu mini-álbum na Coreia, contendo faixas tanto em coreano quanto em chinês. ZhouMi, foi um sucesso faturando vários prêmios com "Rewind", ganhando atenção e amor do público sul-coreano. Quebrando ainda mais barreiras entre os países, esse single merece seu lugar na nossa lista, seja pelo seu significado, ou seja apenas por ser incrível.

20º "Whatcha Doin' Today" - 4Minute


As meninas do 4Minute estão cada vez mais ricas, elas são poderosíssimas. O grupo nunca se preocupou em lançar dois mini-álbuns por ano e até o momento apresentam apenas dois álbuns completos. Em 2014 elas voltaram com o "4Minute World" e a divertida "Whatcha Doin' Today". A canção brinca um pouco com o funk, o rap de HyunA e Jiyoon, mesclado com o refrão pop.

19º "Come Back Home" - 2NE1 


Há um bom tempo que 2NE1 flerta com o pop ocidental, e, por consequência, caiu no gosto de grande parte do público - ouvintes fieis ou não de k-pop. O flerte torna-se um relacionamento (quase) estável com uma pitada de eletropop e um pouquinho de reggae aqui e ali, trazendo um som diferente para o grupo em "Come Back Home".

18º "Fantastic" - Henry


Em 2013 o menino Henry se lançava na Coreia do Sul sem o Super Junior M e ganhava seu primeiro mini-álbum solo. "Trap" veio acompanhada de um piano. Um ano depois e fomos agraciados com "Fantastic" e seu violino. Os vocais, o refrão contagiante, a junção do pop com o clássico instrumento resultaram em algo realmente fantástico.

17º "Happiness" - Red Velvet 


Uma aparição em um clipe aqui, outra aparição ali e eis que surge Red Velvet. O seu debut-single chamou atenção de todos os amantes de música coreana, e foi mais que merecido. "Happiness" traz o tão amado lado fofo do k-pop - quebrado logo em seguida pelo grupo com seu segundo single -, porém há algo diferente. Não temos aquele fofo ~exagerado~ e, sim, algo mesclado com um ritmo praiano/caribenho, criando uma identidade única para a música.

16º "Sugar Free" - T-ARA 


Fritamos! E foi assim que nos sentirmos ao ouvir esse novo single do T-ARA pela primeira vez. "Sugar Free" é de longe a melhor farofa k-pop do ano, banhando ao EDM, mensagens saudáveis e uma coreografia super legal.  O single fez toda a redação sair batendo cabelo na balada e com certeza vai fazer o mesmo com você. Afinal, não há como ficar parado com essa música.

15º "Go Crazy" - 2PM


Enquanto 2AM preocupa-se em trazer canções sentimentalistas como músicas-trabalho, 2PM foca em algo divertido e descolado, um hit, para sermos mais claros. "Go Crazy" traz uma melodia dançante, toda trabalhada nos anos 80, acompanhada de uma letra divertida. "Enlouqueça, afinal agora é uma noite de sexta-feira". Hino das baladas!

14º "Eternity" - VIXX 


Antes de falarmos sobre a música, temos aqui um pedido: deem a devia atenção ao VIXX. Obrigado, de nada. Demorou um pouco, mas VIXX finalmente está conseguindo seu (merecido) espaço na Coreia do Sul. Após destacarem-se com "Voodoo", os rapazes surpreendem com "Eternity", a música mais energética do grupo. De alguma maneira o "oooh" pós-refrão nos remete às boybands ocidentais, mas acalmem-se, os moços não estão "perdendo a identidade"

13º "Boy In Luv" - BTS


Os Bangtan Boys surgiram em 2013, mas foi nesse ano que o grupo ganhou seus merecidos holofotes com "Skool Love Affair", aquele mini-álbum com a música de introdução destruidora de carreias, o que possibilitou em um futuro próximo, o lançamento de um disco completo. "Boy In Luv" foi a escolhida para a divulgação de tal mini-álbum. "Doegopa neoui oppa": quem ficamos semanas com os versos iniciais da canção sobre um amor não correspondido na cabeça por um bom tempo? Hino.

12º "THIS IS LOVE" - Super Junior


Após seu retorno memorável com a divertida "MAMACITA" (os moços adoram o caps lock não?), Super Junior prometeu um repackage para o álbum de mesmo nome. Abandonado as três canções adicionais, o grupo resgata "THIS IS LOVE" para a divulgação do mesmo. Nesta poderosa balada, os meninos do SuJu, através de seus suaves vocais, definem o amor da melhor maneira possível: "um sentimento confuso". Um hino para os apaixonados.

11º "Good Boy" - GD X Taeyang


Faz um bom tempo que os fãs de Big Bang esperam por essa parceria. Já estava mais do que na hora de GD e Taeyang transformarem sua amizade em uma música, nos dando mais um hino para amar. Fundindo muito bem os estilos dos dois artistas o single é de longe um dos melhores do ano, seja por sua batida viciante, vocal e rap perfeitamente combinados ou só por serem dois dos nossos artistas favoritos juntos. De qualquer maneira, todos encontraram um motivo para amar "Good Boy".

10º "Singing Got Better" - Ailee


Ailee é dona de uma voz que dispensa comentários. A moça tem um poder de arrancar suspiros e sorrisos em cada nota de suas músicas, e com "Singing Got Better" não foi diferente. Tal canção passa uma mensagem poderosa de superação, e é impossível não gostar.

9º "Red Light" - F(x)


A gravadora as odeia (rs), mas nós com certeza as amamos. F(x) é um dos grupos femininos com maior potencial na indústria atual. Com seu estilo único e trabalho maravilhoso, elas não poderiam ficar de fora da nossa lista. "Red Light" abre mais um trabalho incrível do grupo, cheio de referências ao clássico "Laranja Mecânica". A canção mostra um lado mais sexy, sombrio e maduro das moças, evidenciando uma clara evolução em sua carreira.

8º "Red" - HyunA


HyunA sempre foi e sempre será um dos maiores ícones da música pop sul-coreana (e isso começou antes de ser a ruiva do PSY). Com "Red", HyunA abriu seus trabalhos de 2014 com um single divertido, sexy e muito poderoso. "Red" reafirma seu lugar de direito no hall das divas do pop asiático, de onde ela não deve sair tão cedo.

7º "Eyes, Nose, Lipes" - Taeyang


Existem hinos apaixonantes, e existe "Eyes, Nose, Lipes" - uma das músicas mais lindas e tocantes do ano. E além de linda, a canção é muito bem executada, sensibilizando qualquer um. Taeyang mostra o quanto evoluiu através de "Eyes Nose, Lipes", e esperamos que o rapaz só continue a evoluir por um bom tempo.

6º "Can't Stop" - CNBLUE


CNBLUE é uma das bandas asiáticas que vem recebendo um grande destaque e ganhando muitas fãs ao redor do mundo. Desde "I'm Sorry", não víamos um single da banda emplacar tão bem quanto "Can't Stop". A balada acerta (e em cheio!) ao misturar instrumentos como piano, violino, bateria e guitarra com os belos vocais dos rapazes do CNBLUE.

5º "200%" - Akdong Musician


Após serem descobertos na segunda temporada do programa K-Pop Star, os irmãos que formam o duo Akdong Musician, carregaram uma das estreias mais esperadas do ano. Com um estilo mais voltado ao folk, a dupla estreou com "200%" - divertido e diferente do que vemos no cenário k-pop atual. Com o primeiro single, o duo conquistou nossos corações por conta de seu talento evidente, os vocais suaves e o tom divertido em suas musicas. Tem como não amar?

4º "Danger" - Taemin


Em 2014, SHINee deixou o mercado sul-coreano de lado e focou-se no japonês. Assim, projetos paralelos da SM (destinados à Coreia do Sul) ganharam vida e um deles é a estreia solo do garoto Taemin. O ainda maknae do grupo trouxe "Danger" como a faixa que abriria seus trabalhos com o mini-álbum "ACE". Evolução vocal e uma nova identidade - reafirmada em seu clipe - são simplificados com a faixa. E meu deus, que batida! Esperamos que o seu “show time” dure por um bom tempo.

3º Jackpot - Block B


Os rapazes do Block B seguem o conceito bad boy (com algumas variações) desde seu debut. Com “Jackpot”, lead-single de "HER", o grupo resolveu ~radicalizar~ e adicionou açucar, tempero e tudo que há de bom. O resultado não poderia ser melhor. Desde o piano seguido dos berros de Zico, vocais prá lá de divertidos a sua pegada dance, “Jackpot” cria um novo som para o grupo e nós queremos que permaneça para, pelo menos, o próximo álbum. Depois vocês podem voltar a ser bad boys, nós deixamos.

2º "Overdose" - EXO


EXO chamou a atenção com seu debut e não parou de trabalhar desde então. O grupo sempre ficou em foco pela sua boa música e em 2014 não foi diferente. Por pouco as "grandes" polêmicas envoltas ao grupo levaram a melhor nesse ano (rs). Brincadeiras à parte, o grupo fez seu retorno ao cenário musical com a incrível "Overdose". Muitos afirmam que a canção está longe de ser a melhor grupo, e de fato está. Porém, a canção continua carregando a grandiosidade do EXO e consegue ser tão viciante quanto suas antecessoras.

1º "MAMACITA" - Super Junior


Após dois anos em hiato, o Super Junior volta clamando o ano de 2014 para si. O primeiro single do álbum homônimo "MAMACITA", é poderoso e ao mesmo tempo despretensioso com todo o seu charme latino e vibe super divertida. Com esse single, o Super Junior inicia seus quase dez anos de carreira deixando claro que já passaram da época de competições e agora fazem música para a sua diversão e a dos fãs. Tendo tudo isso refletido em seu trabalho, "MAMACITA" se torna o nosso single favorito do ano, pelo simples fato de ser livre de pressões e ser o tipo de música que devemos somente apreciar.

...

E é isso! Alguns de nossos blogueiros levaram tiros para esse ranking ficar lindo, como podem ver, mas já respiram com ajuda de aparelhos. Corram para os comentários, defenda sua música favorita, deixe a sua lista com os melhores do ano e/ou critique, elogie a nossa! E fiquem espertos, nossas listas de fim de ano estão apenas começando.
Tecnologia do Blogger.