It's New: 7 músicas/clipes que saíram nessa semana e você precisa conferir! (13.12)

Seleção de sete novidades musicais que não apareceram no blog ao longo da semana mas que valem a sua atenção. Para conferir as edições anteriores do It's New, clique aqui e seja feliz.

1) “Wading” - Jhené Aiko
Após receber duas indicações ao Grammy no início da semana (Melhor Álbum Urban Contemporâneo com Souled Out e Melhor Canção de R&B com “The Worst”), Aiko divulgou nessa sexta-feira (12) um novo clipe - e quem acompanha a carreira da moça há algum tempo pode ficar um pouquinho surpreso com o material. No vídeo, a cantora interpreta a dançarina de uma boate underground e, sob luzes vermelhas, aparece em cenas BEM mais sensuais que o usual. Sucedendo “Pressure”, esse é o segundo single e uma das melhores faixas do Souled Out, primeiro álbum de estúdio de Jhené, lançado em setembro.


2) “Anaesthetic" - Thomston
Conheça Thomston, mais um produto vindo da Nova Zelândia, essa terra que todos nós aprendemos a amar. No EP Argonaut divulgado em junho desse ano e disponível para audição no Soundcloud, já podemos ter uma ideia do talento do garoto de 19 anos. Impossível não associar sua sonoridade - mistura de nostalgia, introspecção e produção minimalista - a dos seus conterrâneos Lorde e Broods, e também a de James Blake e do youtuber/cantor Troye Sivan. Se você curte qualquer um dos nomes citados, você com certeza vai curtir Thomston. E como não há ninguém no mundo atualmente que não curta Lorde, esse menino já tem uma grande audiência em potencial. Essa semana ele lançou seu primeiro clipe ever, e com cenas subaquáticas, cordas e espelhos, o vídeo é perturbadoramente incrível. 


3) “Fool” - Perfume Genius
Quem acompanha as listas de “Melhores do Ano”, essa praga (no bom sentido) (nao sei se praga tem bom sentido, but you get the idea) que se alastra descontroladamente pelos sites de música a medida que dezembro avança, já deve ter notado a presença em algumas delas de Too Bright e/ou “Queen” - álbum e single do Perfume Genius, respectivamente. Destaque do segundo semestre de 2014, o terceiro disco de Mike Hadreas, o nome por trás do projeto, ganhou novo clipe essa semana. Aqui o cantor dá continuidade à linha surreal/nonsense/wtf da sua videografia. Tem patins, tem pessoas com roupas de penas e tem um patinho amarelo também. Você, fã de RuPaul’s Drag Race que ainda não conhece a música dele, tá perdendo tempo.


4) “Falling Short” - Låpsley
Depois de MØ, conheça Låpsley - a mais nova artista com caractere estranho no nome que você precisa prestar atenção. Contratada da XL Recordings, tudo indica que você ouvirá muito dessa mistura (deliciosa) de Adele com London Grammar nos próximos doze meses. A jovem foi indicada recentemente pela BBC na lista de “Sound of 2015”, e a faixa aqui em questão é o lead single de Understudy, seu primeiro EP, previsto para o início de janeiro.Todo em preto e branco, o vídeo da música reúne arte com pop sem pretensão, mostrando uma simples mas elegante performance da cantora com um ator.


5) “Apparently” - J. Cole
J Cole é o tipo de artista “de verdade” que a gente tem que agradecer por: 1. ter alcançado o mainstream, 2. ter se mantido nele sem perder a qualidade e a autenticidade. Contratado do Jay-Z na Roc Nation, o cantor lançou seu terceiro álbum 2014 Forest Hills Drive no iníco dessa semana - bem em tempo de entrar nas listas de melhores do ano no gênero. Abaixo, no vídeo para o primeiro single da nova era, Cole dispensa superproduções e foca na interpretação de seus versos. Na última quarta-feira ele também apareceu no Late Show with David Letterman com a faixa “Be Free”, onde o rapper comenta a situação (tensa) da comunidade negra nos Estados Unidos atualmente. A intensidade da performance impressionou até o próprio Letterman - assista aqui.


6) Mixtape 2014 Live - Prides
Ariana Grande, Taylor Swift, Charli XCX, Iggy Azalea, Sam Smith… O Prides resolveu fazer o próprio “United State of Pop” e reuniu em um vídeo de quase 10 minutos covers deles para os principais hits do ano. Não é a primeira vez que a banda usa dessa estratégia para chamar atenção, no começo do ano eles apareceram aqui com uma mixtape que incluía Beyoncé, Haim, Ellie Goulding e mais um monte de coisa que tava tocando no rádio na época. O mais legal do último material é que está em vídeo e a gente pode ver todas as trocas de instrumentos que os escoceses precisam fazer a cada música. Versões favoritas: “Settle Down”, do The 1975 (2:10) e “Jealous”, do Nick Jonas (5:53).


7) “Throw $um Mo” - Rae Sremmurd feat Nicki Minaj & Young Thug
Já podemos classificar Rae Sremmurd, o duo de “No Flex Zone”, com um case de sucesso. Passada a febre do viral a dupla lançou “No Type” e (ao menos nos EUA) a faixa também virou hit, sendo incluida pela Billboard na lista de 10 Melhores Músicas de Rap do ano - ou seja, nada de One Hit Wonder aqui. Essa semana eles não apenas lançaram mais uma faixa como É FEAT COM A NICKI e com o Young Thug. Precisa nem falar que a chance de o Rae Sremmurd engatar o terceiro hit in a row não é pequena. O (aguardado?) álbum debut da dupla, SremmLife, sai dia 6 de janeiro e é inteiramente produzido por Mike WiLL Made-It, cujo um dos trabalhos mais recentes é o Bangerz, da Miley Cyrus.

Tecnologia do Blogger.