It Pop elege: as vinte melhores músicas eletrônicas de 2014!

Todo ano uma verdadeira enxurrada de músicas eletrônicas são trazidas aos nossos ouvidos com o propósito de se tornar aquela tal inesquecível do ano, que tem um refrão tão grudento que não sai nem com reza brava das nossas cabeças. Muitos tentam, poucos conseguem. Mas nem por isso aquela que não se consagrou o grande hino eletrônico deixou de ser tão boa (ou até melhor) quanto à denominada electrochiclete. E foi pensando assim que nós, do It Pop, decidimos rankear as 20 melhores músicas eletrônicas de 2014 (e isso foi mais difícil do que vocês imaginam).

Pauta sempre presente no site através do Remix Corner, coluna semanal que apresenta dez remixes incríveis produzidos por DJ's espalhados pelo mundo, a música eletrônica nos proporcionou conhecer novos sensacionais nomes e, também, confirmar nossa admiração por muitos caras já famosos no mundo da EDM. Nossa seleção vai de encontro ao melhor feito por Tiësto, Cedric Gervais, Zedd, Martin Garrix, Hardwell, Duke Dumont e muitos outros que elevaram música eletrônica a um patamar nunca antes visto. Estão prontos?! Pois aí vamos, com muita força, apresentar os 20 melhores de 2014!

20º Cedric Gervais – Love Again (feat. Ali Tamposi)

Ele não é nenhum novato, mas só despontou no cenário mundial com o sucesso das mixagens que se tornaram a versão oficial de "Summertime Sadness" de Lana Del Rey e "Adore You" da Miley Cyrus. Agora, aproveitando todo esse buzz envolvendo seu nome, Cedric Gervais tenta a sorte com "Love Again", single eletrônico de batidas pontuais que contam com a perfeita adequação à voz da cantora Ali Tamposi, que inclusive já foi compositora de grandes faixas de artistas como Beyoncé, Kelly Clarkson, One Direction, entre outros. Já com o pé direito, assim começamos nossa lista!


19º Tiesto – Light Years Away (feat. DBX)

Tratando de esquentar as coisas mais ainda, escolhemos como décima nona faixa eletrônica mais brilhante do ano o recente single do famoso Tiësto. Servindo como terceira música de trabalho do eficiente disco "A Town Called Paradise", a faixa "Light Years Away" aposta num house sem firulas interpretado pelo novato grupo eletrônico DBX. Além de contar com um clipe interessantíssimo! A gente não podia deixar essa de fora, né?!


18º The Chainsmokers – Kanye (feat. SirenXX)

Aí você deve tá se perguntando: mas porque não colocaram "#SELFIE" nessa seleção?! Conhecidos pelo smash da auto-fotografia, definitivamente aquele não foi um dos melhores singles do The Chainsmokers, que estava preparando o melhor por vir. "Kanye" não é composta apenas de batidas viciantes entoadas pelo vocal inconfundível da novata SirenXX, indo muito além, com uma letra inteligente e sarcástica no ponto certo, mostrando ao mundo que o duo eletrônico é capaz de fazer não só hits, mas também músicas de altíssima qualidade.


17º Zedd – Find You (feat. Matthew Koma & Myriam Brant)

A coisa mais fofa que a música eletrônica nos tem dado nos últimos anos é a meiguice em pessoa chamada: Zedd. Já não é de hoje que o nome do cara é um dos produtores mais cobiçados e uma aposta forte pra novos rumos da música eletrônica, sendo mais ou menos assim que surgiu a diferente "Find You", composta para a trilha-sonora do filme "Divergente". Ao lado dos talentosos Matthew Koma (o rei dos vocais eletrônicos) e Myriam Brant, a música é uma leve fudelância que o cara de apenas 25 anos proporcionou pra gente nesse ano de 2014.




16º Galantis – You

Quando apresentamos eles à vocês, em meados de novembro do ano passado, sabíamos que o reconhecimento não iria demorar a aparecer ao duo Galantis. E não demorou mesmo! Com um som que remete ao melhor do Swedish House Mafia mesclando um estilo totalmente particular, a dupla cresceu e chamou a atenção do mundo, principalmente com o single "You". Em meio a tons psicodélicos e muita batida boa, os "gatinhos com cara de água viva" vieram pra arrasar!


15º Sigma – Changing (feat. Paloma Faith)

Impossível esquecer de uma música com instrumental sensacional e vocais de ninguém menos que a proprietária da música britânica, Paloma Faith. O duo britânico Sigma estourou no mundo logo no começou do ano com a mixagem completa de "Bound 2", música de Kanye West, que acabou fazendo mais sucesso que a original. Aí, não cansados de hitarem, deram vida à "Changing", que conta com violinos, orquestras, Paloma Faith e muita bateção de cabelo. Precisa de dizer mais alguma coisa?!


14º Röyksopp & Robyn – Do It Again

Quando escutamos essa música pela primeira vez, não conseguíamos falar nada, só sentir. Atualmente, após quase oito meses do lançamento oficial, continuamos tremendo igualmente quando a batida insana dos primeiros versos começam a entoar o ritmo que abre alas pra rainha Robyn e seus vocais impecáveis tornarem a música um dos hinos eletrônicos desse ano. Nada mesmo que incrível!


13º Jack Ü – Take Ü There (feat. Kiesza)

O que aconteceu na nossa décima terceira colocada é choque de monstros puro! Pegaram o nosso magya Diplo, enfiaram a esquisitice dupstéptica do Skrillex e todo o talento gritante da novata Kiesza e, assim, criaram outra faixa digna de melhores do ano: "Take Ü There". É tudo feito do jeitinho que a gente imaginava, com direito a muita ralação de ppk no chão e uma pitada de muita sensualidade. Continuamos gritando até o infinito quando paramos pra escutar tal maravilhosidade.


12º Hardwell – Young Again (feat. Chris Jones)

Representando bem a ala dos hinos eletrônicos que servem pra fazer vídeo de festa badalo, "Young Again" é o recente single do considerado DJ nº 1 do mundo, Hardwell. Recheado de batidas bem radiofônicas e um instrumental com um boom estrondoso, a faixa ainda não colou nos ouvidos do mundo, mas tem tudo para conseguir o feito de sleep hit eletrônico de 2015. Pelo menos merece e a gente torce muito por isso!


11º Dillon Francis & Martin Garrix – Set Me Free

Essa é pra quem tá preparado pra fortíssima lacração! Em uma parceria em grandioso estilo, os fodásticos Dillon Francis e Martin Garrix uniram forças numa daquelas faixas que podem ser consideradas unanimidade em 11 das 10 baladas puramente eltrônicas. "Set Me Free" não se importa em cadenciar ritmos em tempo algum, fazendo da música uma confusão deliciosa do primeiro ao último segundo, ecoando o "set me free" aos quatro cantos. Achamos tendência!


10º Disclosure – F For You (feat. Mary J. Blige)

A gente sabe bem que "F For You" é extraída do maravilhoso disco de estreia do Disclosure, lançado ano passado. Mas os caras foram acordar pra vida e lançar uma das melhores faixas do trabalho só nesse 2014; e isso não poderia ser de forma melhor. Chamaram a multipremiada Mary J. Blige, voz inconfundível do R&B, para dar vida ao instrumental viciante do single. E não deu outra! Mais um hit pra carreira recente dos irmãos Lawrance em um nível tão alto que chegamos a ter vertigem de tanta emoção. Sensacional!


9º R3hab & NERVO – Ready for the Weekend (feat. Ayah Marar)

Novamente encontramos uma parceria explosiva na nossa nona escolhida! R3hab sempre ficou conhecido pelos seus remixes insanos; as meninas do NERVO têm aparecido com mais destaque a cada ano que passa; e, por fim, Ayah Marar mostrou que tem muito talento quando participou do hit "Thinking About You", ao lado de Calvin Harris. Juntando essas três realidades da EDM, encontramos o paraíso em "Ready For The Weekend", mais uma daquelas faixas épicas que tem espaço em qualquer balada do mundo.


8º Gorgon City – Go All Night (feat. Jennifer Hudson)

Eis aqui uma gratíssima surpresa de 2014! Considerados como uma das maiores revelações deste ano, o duo Gorgon City te faz dançar sem perder a classe em um estilo requintado de fazer música. Usando e abusando do vocal incomparável de Jennifer Hudson, a dupla criou a sensacional "Go All Night", pertencente ao igualmente incrível álbum-debut, intitulado "Sirens". Isso é bateção de cabelo sofisticada, meu povo!


7º Calvin Harris – Open Wide (feat. Big Sean)

E foi sorrateiramente que Calvin Harris explodiu a bomba chamada "Open Wide". Presente no novo álbum do DJ britânico, a música é uma leve modificação da já existente "C.U.B.A.", só que dessa vez acompanhada pela interpretação pontual dos versos de rap de Big Sean. Sendo assim, Calvin e Sean tornaram de confirmar o que já se sabia a algum tempo: a mistura rap/house é algo que não pode dar errado. Permanecemos em estado de choque sem medo de chacoalhar o corpo todo com essa perfeição.


6º David Guetta – Dangerous (feat. Sam Martin)

No recente trabalho "Listen", o famoso David Guetta preferiu seguir uma linha não tão radiofônica quanto o último disco "Nothing But the Beat". E isso não é nada ruim! Apostando em um quase desconhecido nos vocais do single "Dangerous", o cara tratou de incluir um dos instrumentais mais fodásticos das últimas eletrônicas já ouvidas, que encaixaram perfeitamente à proposta da faixa: uma EDM dotada de muita leveza e poder, ao mesmo tempo. Ponto pra ele!


5º Cash Cash – Surrender (feat. Julia Michaels)

Não é de hoje que estamos de olhos bem abertos pro trio eletrônico Cash Cash. Responsáveis por vários remixes sensacionais, já citados inclusive no nosso Remix Corner, foram responsáveis pela mixagem oficial de "Birthday" da Katy Perry (aquela que aparece nos créditos do clipe) e não querem parar por aí. Lançada há dois meses atrás, "Surrender" conta com os vocais da amável Julia Michaels e trata de imprimir um ritmo melódico e cadenciado que preparam o ouvinte pra um refrão que nào é de Deus. Nossa grande aposta da lista!


4º Alesso – Heroes (we could be) [feat. Tove Lo]

Mas que hino é esse, minha gente?! Quando nos foi noticiado que o abençoado Alesso tinha convidado ninguém menos que a novata Tove Lo para interpretar seu novo single, a expectativa bateu lá no teto. Não é que eles conseguiram transpor as barreiras impostas pela nossa mente?! Intitulada como "Heroes (we could be)", a faixa traz uma carga de suspense super positiva, acrescida aos tons apreensivos em que é conduzida pela interpretação impecável de Tove Lo. Letra profunda, instrumental sensacional, mistura perfeita. Acho que não precisamos falar mais nada.


3º Oliver Heldens & Becky Hill – Gecko (Overdrive)

Sim, reconhecemos que o clipe é bizarro, não conseguimos entender nadinha, mas quem se importa com isso quando temos um verdadeiro smash em mãos?! Nascido na Holanda, o garoto de 19 anos, Oliver Heldens, convidou a cantora britânica Becky Hill para dar origem à evocação de todos os amantes da música eletrônica. Levada por uma pegada totalmente insana, "Gecko (Overdrive)" fez o continente europeu se apaixonar perdidamente pela música eletrônica, levando o hit a ser um dos mais executados por lá, tendo méritos de sobra pra isso! Se duvida, aperte o play.


2º DJ Snake & Lil Jon – Turn Down For What

Até ano passado, quem era DJ Snake na fila da boate? Nós dissemos "era". Visto como o grande hit eletrônico de 2014, "Turn Down For What" apadrinha um novo estilo que tomou forma rapidamente: a trap music. Mudando de estilo dentro da mesma faixa em questão de segundos, o trap faz questão de não deixar qualquer simples mortal parado. Tanto é que a ideia do clipe (igualmente bizarro ao anterior) é exatamente essa: não permitir que nenhum ser perca o fôlego. Instrumental incomparável para uma performance igualmente surpreendente de Lil Jon. Extraordinário!


1º Duke Dumont – Won't Look Back

Seria impossível fechar uma lista com os melhores sem que esse cara fosse coroado o grande destaque do ano. Sem alardes, Duke Dumont lançou a (insira o adjetivo superlativo que quiser aqui) faixa "Won't Look Back" em meados de maio. Cheia de nuances que beiram à epicidade, o single é conduzido com muita maestria por vocais de uma cantora não identificada nos créditos da música, o que é uma pena. Pouco tempo após seu lançamento, a música foi coroada com vários #1 espalhados pelo mundo afora, explicando mais ou menos o porquê de termos escolhido esta como a melhor música eletrônica do ano de 2014.


Gostaram da nossa seleção?! Sim, sabemos que em 365 dias muitas coisas são lançadas e, infelizmente, não cabe espaço para falarmos especificamente de cada beleza que aparece. Tentamos ao máximo não esquecer de ninguém, então, não nos julguem. Fizemos uma playlist linda (com aquelas músicas permitidas pra audição no Brasil) pra você apreciar sem moderação toda essa maravilhosidade.


Aliás, nossas listas de fim de ano não param por aqui. Ainda elegeremos clipes de pop e k-pop, filmes, capas, e os tão amados álbuns! "E que dia sai isso tudo, gente?!". Olha, não podemos contar mas se fossemos vocês, não desgrudaria os olhos do blog nem um segundinho! 
Tecnologia do Blogger.