A Marvel Studios quer o Homem-Aranha em 'Capitão América: Guerra Civil', mas a Sony Pictures não

Todo e qualquer fã da Marvel não vê o momento do carismático Homem-Aranha voltar para sua casa e por um fim no contrato quase vitalício da Sony. A empresa japonesa sabe que tal personagem é popular e chegou até criar uma nova trilogia divisora-de-opiniões apenas para cumprir o que é exigido em seu contrato para não perde-lo.

A Marvel sabe que seus maiores heróis não estão em suas mãos e começou a tomar atitudes infantis quando a isso, pelo menos no universo dos quadrinhos. Começaram por baixo, praticamente acabando com as histórias do Quarteto Fantástico - as vendas iam de mal a pior, e isso também contribuiu. Não sabemos quando, mas em algum momento ela irá atacar os poderosos X-Men. Já chegaram a matar o popular Wolverine, falta pouco então. O Homem-Aranha ainda não sofreu com a infantilização da Marvel, e só agora nós entendemos o porquê.

Com o ataque hacker sofrido pela Sony, o que gerou o vazamento de cinco filmes, emails confidenciais chegaram ao mundo da internet e por mais esperançoso que seja, o assunto contido neles está praticamente encerrado. Tais emails que foram trocados entre o CEO da Sony Kaz Hirai, o CEO da Disney Bob Iger, e Amy Pascal, co-presidente da Sony, confirmam aquele rumor de que a Marvel Studios estaria interessada em integrar o Homem-Aranha ao seu universo cinematográfico.

O suposto acordo dizia que o Homem-Aranha já seria apresentado em "Capitão América: Guerra Civil", e que ganharia uma nova trilogia comandada pela Sony Pictures. A negociação, porém, foi barrada e o estúdio japonês pretende seguir seus planos originais para o seu universo do Aranha. MAS, ainda há uma luz ao fim do túnel. Caso o filme do Sexteto Sinistro, podendo servir com um reboot, não vá bem nas bilheterias, as negociações retomarão!

De fato, a nova trilogia do Homem-Aranha acerta em alguns pontos que a antiga errou, porém as bilheterias só caíram de um filme para o outro, e o público, no geral, ainda não gostou dos novos longas. Talvez a melhor opção para a Sony seja engolir esse ~orgulho~ e firmar algum contrato com a Marvel Studios. A empresa deve estar muito segura de si para querer encerrar uma negociação quase que invejável. E fãs do Aranha nas hqs, preparem-se: caso tal contrato não ir além, teremos mais uma morte - ou algo pior - no mundo dos quadrinhos!
Tecnologia do Blogger.