Remix Corner #26: os clássicos pop de Madonna, Britney, Gaga, Kylie e outros se encontram nesta edição retrô!

Não é de hoje que o pop é visto como uma máxima na música mundial, fazendo a cada ano hits e mais hits que nos tornam cada vez mais amantes desse estilo único. Tomando forma após os áureos anos da dance music na década de 70, a (até então nova) sonoridade ganhou o apadrinhamento dos incomparáveis Michael Jackson e Madonna, auxiliados por Cindy Lauper, deixando ali a primeira marca de que a música cairia no gosto popular em questão de pouco tempo. E foi assim: algumas dezenas de #1 pelo mundo e o reconhecimento pelos quatro cantos que elevaram a música pop ao status de queridinha dos estilos musicais, posto que perdura até os tempos atuais, ainda que com menos predominância.

Depois dessa introdução maravilhosa, vamos ao que interessa: nesta nossa vigésima sexta edição do Remix Corner, faremos uma introspecção às décadas de 80, 90, 00 e 10 buscando mesclar tudo aquilo que o pop foi e ainda é para a música mundial, proporcionando os mais diversos hinos e animando nosso dia cinzento com músicas alegres e pontuais. Desde Michael, Madge e Cindy, passando pelos anos 90 de Britney e Spice Girls, até chegar no que achamos de mais contemporâneo na sonoridade de Beyoncé, Rihanna, Gaga e muitos outros! Vem.

1) Britney Spears - Toxic (Singularity Remix)

Numa vibe mais sensual do que nunca em que os vocais são levemente modificados neste remix do Singularity, damos o pontapé inicial na lista de clássicos do pop com um hino legitimamente injustiçado. Provando que os charts nunca foram parâmetro nenhum pra ditar o que é hit ou não, "Toxic" alcançou um mísero #9 no Hot 100, mas está na boca de qualquer pessoa mesmo depois de 10 anos do seu lançamento. O nome disso?! Hino pop. Apenas um de todos já realizados pro Miss Britney Spears.


2) Madonna - Like a Virgin (Nick* Remix)

Exatamente no mês de novembro, há exatos 30 anos atrás, surgia a música que mudaria os rumos da música pop no cenário mundial. Em um tempo no qual os tabus eram absurdamente censurados, Madonna nasce como forma de jogar por terra todo pudor sexual com sua "Like a Virgin". Na versão criada pelo DJ Nick*, a faixa não deixa seu lado retrô de lado, mas acaba ganhando toques sensivelmente sintéticos que acrescentam ainda mais na construção da fudelância. Segura!


3) Justin Timberlake - SexyBack (Mr FijiWiji Remix)

Iniciando uma nova fase do pop masculino, Justin Timberlake ainda é referência quando não temos mais o rei entre nós. Misturando o bom e velho rap com elementos do pop melódico, ele não poderia imaginar que daria vida a uma das faixas mais executadas de todos os tempos: "SexyBack". Outro hino que completara seus 7 anos de idade, a faixa nas mãos do Mr FijiWiji ganhou toques modernos e robóticos que nos remetem ao que de melhor já ouvimos do Daft Punk. Aliás, tem como alguma coisa ficar ruim com o Justin Timberlake?! Não acho possível.


4) Kylie Minogue - Can't Get You Out Of My Head (Forever Kid Remix)

Seria muita audácia considerar "Can't Get You Out Of My Head" o maior hit pop fora das terras americanas?! Sendo ou não, inegavelmente Kylie Minogue levou o estilo a um patamar até hoje não alcançado por outra. Com a fórmula de repetições grudentas num refrão sussurrado, a faixa é uma ode ao que podemos denominar de puro pop melódico. Então, fazendo as coisas ficarem ainda mais difíceis pras inimigas, o Forever Kid transformou "Can't Get You Out Of My Head" em alguma coisa que não podemos definir, mas apenas sentir... a gente avisou.


5) Beyoncé - Single Ladies (Elephante Remix)

Não tô tendo estruturas emocionais pra continuar essa lista. Mais uma pra abalar tudo de novo é o smash ultra banger hit "Single Ladies", lançado em 2009 por Beyoncé. Apostando num clipe de baixíssima verba e lançando o single em conjunto com "If I Were a Boy", a música tinha tudo pra fazer um sucesso de mediano à razoável, o que acabou não se confirmando. FOI MUITO HIT SIM! E com méritos. Com os dois pés no pop, Beyoncé abriu alas pro DJ Elephante fazer alguma coisa que entendemos não ser deste mundo. Sensacional!


6) Michael Jackson - Billie Jean (Offer Nissim Remix)

O mundo pop ficou órfão de pai no fatídico 25 de junho de 2009, quando Michael Jackson nos deixou fruto de uma overdose incompreendida de fortes medicamentos. Ainda que não nos conformemos até hoje com isso, o king deixou um legado para aqueles que querem se dar bem no ramo pop: sejam simples, tenham talento e expressem isso da melhor forma possível na música. Foi essa fórmula que levou "Billie Jean" ao status de uma das músicas mais conhecidas no mundo, com todos os merecimentos que a realeza por ter. Por isso, tratando de levar o que de melhor Michael já fez, o famoso Offer Nissim remixou tudo, jogou a gente no chão e não estamos conseguindo levantar sem a ajuda de aparelhos. Complicadíssimo!


7) Rihanna - Umbrella (cxleb Remix)

E quem disse que não tem espaço pra ela na lista dos maiores?! Claro que não poderíamos de deixar de fora a maior hitmaker atual no cenário pop: Rihanna. Todo o sucesso começou a ser coroado em 2005 com o lançamento do primeiro álbum "Music of the Sun", mas a barbadiana foi ganhar notoriedade mesmo com o smash "Umbrella", ao lado de Jay-Z. Sucesso absoluto por onde toca até hoje, a faixa é daquelas que nunca deixaremos de esquecer e sempre soará da melhor forma contemporânea possível. Melhor ainda quando achamos o remix do cxleb, que fez a música parecer menos agitada, sem tirar aquela essência de hino mundial da ralação de ppk no chão. SOS!


8) Cindy Lauper - Girls Just Wanna Have Fun (Awkoder Re-Edit)

As garotas só querem se divertir. E nós também! Remasterizando o hino da única e implacável Cindy Lauper, o francês Awkoder deu vida a uma "Girls Just Wanna Have Fun" dos anos 2010. Aliás, vez e outra escutamos pelas rádios desse mundão o single de estreia da americana, datado de 1983, o que se torna inacreditável pelo rigor atual do mercado musical. Pertencente ao multipremiado disco "She's So Unusual", podemos afirmar sem medo de ser felizes que aqui se encontra um maior hino da história de todo pop. Eu ouvi um amém?! Obrigado.


9) Lady Gaga - Bad Romance (Chew Fu H1N1 Fix)

Arriscando nosso valioso pescoço, cravamos que este foi sim o último hino recente que entrou pra história do pop e por lá permanecerá para sempre. Lançado em 26 de outubro de 2009, o single "Bad Romance" cuidou categoricamente de transformar a aposta Lady Gaga em pura realidade. Rendendo diversos prêmios, dentre os quais destacam-se o Grammy e VMA, o mundo aprendeu com Gaga o refrão pra lá de viciante, ajudado por onomatopéias como "Rarara-ahahah, Roma-romama-Gaga-uhlala". Quem nunca?! Ou melhor, quem sempre?! Em homenagem à mais um hino, Chew Fu foi o escolhido para recriar a faixa num dos melhores remixes já postados na história dessa coluna. Gritemos.


10) Spice Girls - Wannabe (Supleezy Remix)

Tem muito forninho caído e muito óculos perdido com o remix que encerra nossa lista de hoje. Não escolhemos uma cantora, mas cinco! Revivendo a adolescência/infância de muitos dos nossos leitores, "Wannabe" foi o que nenhuma girlband conseguiu depois (desculpem fãs de Girls Aloud, The Saturdays, Little Mix e afins) em meados de 1996: fazer uma música britânica liderar a parada de singles americanos por quatro semanas seguidas. E não só isso! As Spice Girls figuraram nos charts mundiais como uma das músicas mais executadas naquele ano. Clássico lacrador remixado pelo Supleezy pra fechar com chave de ouro nosso Corner da santa semana.


Esse foi mais um Remix Corner em sua vigésima sexta edição classudíssima. Gostou? Então não deixe de comentar pra gente saber sua opinião sobre o que tá legal e o que precisa mudar. Enquanto pensamos no próximo tema, você pode ir ajudar o nosso serviço sugerindo algo bem legal para fazer do Corner a coluna mais acessada da blogsfera e ainda ter seu nominho brilhando lá no post, olha que legal! Estamos tremendo like a virgin na primeira vez.
Tecnologia do Blogger.