26/11/2013

Após atropelamento, morre Brian, o cachorro de "Uma Família da Pesada"



Hoje o dia não é dos melhores para os fãs de "Family Guy" ou, em português, "Uma Família da Pesada". Acontece que, numa tentativa de animar um pouco as aventuras da família Griffin, os executivos da FOX gringa decidiram matar um dos membros da segunda família mais em legal em desenho dos EUA e escolheram justamente um dos personagens mais divertidos e inteligentes da animação.

Poderiam levar a Meg e todos seus clichês de adolescente largada e rejeitada pelo pai, poderiam levar o amigo viciado em sexo do Peter ou (coloque aqui qualquer nome que não seja o mascote da família), mas optaram por matar Brian, o excêntrico cão da série. :(

Numa declaração sobre essa decisão, a emissora afirmou que seria menos trágico matar o mascote do que um dos filhos e que espera a compreensão dos fãs, visto que fizeram isso visando melhorias para os próximos episódios. Para o consolo da família e de quem acompanha a série, um novo cachorro chato com sotaque italiano já aparece em um novo episódio, mas é que nem na vida real e quem já perdeu um mascote sabe, nunca é a mesma coisa, né?

A morte de Brian...

Exibido no último domingo (24) nos EUA, o episódio que revela a morte de Brian se chama "A Vida de Brian". Nele, o cachorro de 14 anos é atropelado, mas só falece em um consultório veterinário, após agradecer a sua família pelos momentos maravilhosos que viveu. É de partir o coração, de verdade, olhem só:

A reação dos fãs

Infelizmente, Brian não voltou até o fim do episódio, o que significa que sua morte é mesmo definitiva. Obviamente, isso mexeu com os fãs da série, que já começaram pela internet uma petição pedindo pela volta do personagem, enquanto afirmam que "Brian Griffin foi parte importante da nossa experiência como espectadores. Ele adicionava um elemento espirituoso e sofisticado ao programa". Pra assiná-la, basta clicar aqui.

Por fim, R.I.P. Brian. </3